Edir Macedo tira o PRB de Alckmin e leva para Bolsonaro

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record de Televisão, anunciou neste final de semana que retirou o PRB do palanque de Geraldo Alckmin (PSDB) a fim de levá-lo para o de Jair Bolsonaro (PSL).

O PRB é controlado pelo bispo e tem como presidente em Pernambuco o deputado estadual (e candidato a federal) Sílvio Costa Filho.

O PRB, que é um dos partidos do “Centrão”, aliou-se ao PSDB para apoiar Alckmin no início da campanha eleitoral. O partido integrou os governos de Lula e Dilma mas a apoiou o impeachment da ex-presidente. Bolsonaro também tem o apoio do pastor Silas Malafaia.