Voto do veto

A Câmara Municipal de São José Egito vai apreciar na noite desta terça-feira um veto do prefeito Evandro Valadares (PSB) ao projeto de autoria do vereador Ronaldo Leite (PT) vinculando um débito da prefeitura com o fundo próprio de previdência, no valor de quase R$ 1 milhão, à receita do FPM.

O projeto foi aprovado por cinco votos contra três. Mas o presidente Delmiro Barros (PP) já comunicou ao prefeito que irá votar pela derrubada do veto. Com isso, a prefeitura ficará obrigada a destinar mensalmente ao fundo R$ 16,5 mil, quantia que deixou de recolher como parte da obrigação patronal na atual gestão e na do ex-prefeito Paulo Jucá.