Visita do presidente será de apenas 1 dia

Coluna Fogo Cruzado – 14 de maio de 2019

O Palácio do Planalto restringiu a agenda que o presidente Bolsonaro cumpriria em Pernambuco nos dias 23 e 24 deste mês de maio. A agenda inicial previa uma visita de dois dias, mas ela foi cortada pela metade. O presidente virá no dia 23 e ficará poucas horas no Recife. A programação prevê apenas, caso não seja novamente modificada, a participação dele na reunião da Sudene ao lado dos governadores nordestinos. Foram cortadas as visitas que ele faria às obras de transposição do São Francisco, a um dos pólos de irrigação de Petrolina e à fábrica da Fiat no município de Goiana. Isso leva a crer que o presidente ainda não está devidamente informado sobre a situação da Sudene do “pós Lula”, um órgão completamente esvaziado e sem força política para alavancar a economia da região. Até o final do governo Figueiredo, ela ainda tinha algum prestígio. Atraía para suas reuniões o presidente da República e alguns dos seus ministros, todos os governadores da região e dirigentes de órgãos de segundo escalão como Chesf, Codevasf, Dnocs e BNB. Hoje, nem mesmo os governadores a prestigiam, donde se conclui que ou Bolsonaro aproveita a reunião para anunciar um plano de desenvolvimento regional ou sua vinda a Pernambuco não terá valido a pena.       

Homenagem ao ex-deputado

O novo fórum de Itamaracá, inaugurado na última sexta-feira, recebeu o nome do ex-deputado Guilherme Uchoa, que fez política no município durante mais de 30 anos. A escolha se deu, de forma unânime, pela Corte Especial do Tribunal de Justiça. O filho, Guilherme Júnior (PSC), que é deputado estadual, agradeceu a homenagem em nome da família.

Ordem de serviço

O deputado Fernando Monteiro (PP) arranjou recursos no governo federal para a construção de uma UPA em Bom Conselho e fez questão de ir à cidade na última sexta-feira para dar a “ordem de serviço” visando ao início da obra. O problema dessas UPAs não é o dinheiro para a construção, e sim o custo de manutenção (R$ 500 mil/mês).

Ato de justiça

O prefeito Miguel Coelho (sem partido) inaugurou no final de semana a pavimentação de 22 ruas em Petrolina e uma delas, no bairro de Tapera, passou a se chamar “Avenida Osvaldo Coelho”. Osvaldo era tio do prefeito e soube usar a força que teve como deputado federal para conseguir centenas de obras para Petrolina, entre elas a Univasf.

Plano de conservação

Informa a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, em resposta à nota desta coluna, que as obras de requalificação de rodovias da Mata Norte solicitadas pelo deputado Antonio Moraes (PP) estão inseridas no “Plano de Conservação da Malha Viária Estadual”, que já teria R$ 75 milhões assegurados para sair do papel.

Emendas impositivas

Cresce o número de prefeitos pernambucanos decididos a não mais procurar deputados estaduais em busca de recursos para os seus municípios. Os parlamentares alegam que as “emendas impositivas” a que têm direito não estão sendo liberadas pelo Governo do Estado não porque Paulo Câmara não queira, e sim por absoluta falta de recursos.

João Lyra inelegível?

O deputado Tony Gel (MDB), ao ser entrevistado na Rádio Cultura de Caruaru, surpreendeu seu entrevistado ao declarar, ao vivo, que o ex-governador João Lyra Neto (PSDBB) “é inelegível”. Questionado sobre se o ex-governador tinha alguma condenação pela Justiça, respondeu: “Não. Ele está inelegível porque não tem votos para se eleger”.

Encontro regional

Está marcado para hoje (13), às 18h, no plenarinho da Câmara Municipal, o 5º Encontro Estadual do PTC com a presença do presidente nacional do partido, Daniel Tourinho. O novo presidente estadual, Fábio Bernadinho, abrirá o debate sobre as eleições de 2020 e por isso teve o cuidado de convidar potenciais candidatos a prefeito e a vereador.