Trabalhadores rurais de Petrolina conquistam piso de R$ 1.041,00

Após nove rodadas de negociação, chegou ao fim na última quinta-feira (14) a 25ª Campanha Salarial da Fruticultura Irrigada do Vale do São Francisco com um acordo entre produtores e trabalhadores rurais.

Os trabalhadores conquistaram o piso salarial de R$ 1.041, 00, retroativo a 1º de janeiro, valor um pouco maior que o salário mínimo (R$ 998,00).

A Convenção Coletiva ocorreu no auditório do Petrolina Palace Hotel e mobilizou 17 entidades, entre elas o Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina e representações patronais e de trabalhadores de 13 municípios: Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco, Cabrobó e Orocó, em Pernambuco; e Juazeiro, Casa Nova, Sento Sé, Sobradinho, Curaçá e Abaré, na Bahia.

Durante as negociações os trabalhadores tiveram o apoio da deputada Dulcicleide Amorim (PT), esposa do ex-deputado e presidente do IPA Odacy Amorim.