Prefeito de Bezerros renuncia ao mandato e assumirá a ARPE

Coluna Fogo Cruzado – 3 de maio de 2019

1- O prefeito de Bezerros, Severino Otávio Monteiro Raposo (PSB), o “Branquinho”, reuniu ontem (2) o secretariado para comunicar a sua renúncia.

2- Ele foi substituído pelo vice, Breno Borba (PSB), filho do ex-prefeito Marcone Borba, que será candidato à reeleição.

3- O prefeito alegou que estava renunciando por motivos de saúde.

4- “A motivação para tomar esta decisão foi um alto nível de estresse, que resultou em complicações para a minha saúde”, declarou o prefeito em nota.

5- Antes, ao comunicar ao governador Paulo Câmara que iria renunciar ao mandato, foi convidado por este para presidir a Agência de Regulação de Pernambuco (ARPE).

6- O fim de carreira de “Branquinho” está sendo muito parecido com o do ex-prefeito de São Lourenço, recentemente falecido, Ettore Labanca (PSB).

7- Labanca foi prefeito de sua cidade quatro vezes, além de deputado estadual em duas legislaturas.

8- “Branquinho” foi prefeito três vezes, deputado estadual em duas legislaturas e conselheiro do Tribunal de Contas.

9- Ele estava realmente estressado com o volume de demandas que recebia na prefeitura, sem ter condições de atendê-las, ficou com a saúde comprometida e por isso decidiu renunciar.

10- Foi exatamente a mesma coisa que ocorreu com Ettore Labanca. Renunciou porque estava cansado da prefeitura e foi direto para a presidência da ARPE, onde o trabalho é menos pesado.

É isso aí.

TEOBALDO CONQUISTA PREFEITA DE ITAÍBA

A Prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), aproveitou os festejos de emancipação política do município (57 anos) para apresentar à população o seu novo deputado federal: Ricardo Teobaldo (PODE). Teobaldo substitui Zeca Cavalcanti (PTB), que não foi reeleito em 2018 e será candidato a prefeito de Arcoverde nas próximas eleições. 

VICE VAI AO INTERIOR DIZER QUE É CONTRA A REFORMA

A vice-governadora Luciana Santos (PCdoB) estará nesta sexta-feira (3) em Glória do Goitá para participar de um debate sobre a reforma da previdência. O partido dela é contra, assim como o PT, o PSB, o PSOL e o PDT. Depois ele se deslocará para Gravatá a fim de conhecer o trabalho do Serviço de Estimulação e Reabilitação da Criança. O governador Paulo Câmara está na Colômbia conhecendo políticas de segurança e de mobilidade urbana.

VÍDEO DA ENTREVISTA DE LULA TEVE 5 MILHÕES DE ACESSOS

A entrevista dada pelo ex-presidente Lula aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior (El País) e Mônica Bérgamo (Folha de São Paulo), na semana passada, foi postada na íntegra pelo senador Humberto Costa (PT) em suas redes sociais, tendo alcançado mais de cinco milhões de acessos no Facebook somente na sexta-feira (26).

MAIS UM A CAMINHO DE TROCA DO NOME

O Partido Republicano Brasileiro (PRB), que abriga em Pernambuco os deputados federais Sílvio Costa Filho e Ossésio Silva, anunciou nesta quinta-feira (2) que pretende trocar de nome. Vai chamar-se apenas “Republicanos” e terá uma linha de centro-direita. O partido participou dos governos Lula e Dilma e deseja enterrar esse passado. renciar-se de outras siglas que militam no campo conservador, especialmente do PSL de “Não mudaremos só de nome, mas também de postura. Estamos preparando o partido agora para os próximos 15 e 20 anos”, disse o deputado federal Marcos Pereira (SP), presidente nacional do PRB desde 2011.

À SOMBRA DA UNIVERSAL

Em 2016, o PRB saltou de 54 para 106 prefeitos, e 780 para 1.604 vereadores. Em 2018 elegeu 31 deputados federais, sendo atualmente a oitava maior bancada da Câmara Baixa, graças ao apoio ao Bispo Edir Macedo e da Igreja Universal.

PROCESSO CONTRA VITAL VAI À PRIMEIRA INSTÂNCIA

Em respeito à jurisprudência do STF, o ministro Édson Fachin remeteu à Justiça Federal do Paraná o inquérito que investiga a conduta do ministro do TCU, Vital do Rêgo Neto e do ex-deputado Marco Maia (PT-RS). Ambos são suspeitos de terem recebido dinheiro da OAS, quando presidiam as respectivas casas, para não permitir que seus dirigentes fossem convocados para dar explicações ao Congresso sobre o “toma lá dá cá”.