Porto defende prorrogação do concurso para auditor fiscal do Governo do Estado

O deputado Álvaro Porto (PSD) fez um apelo ao governador Paulo Câmara nesta terça-feira (12) para nomear os aprovados no concurso de auditor fiscal do tesouro estadual realizado em 2014, ou, então, prorrogá-lo por mais dois anos.

O concurso perderá a sua validade na próxima sexta-feira (16) e os 697 candidatos aprovados estão mobilizados para tentar obter sua prorrogação.

Com dados extraídos do “Portal da Transparência” do Governo Estado, o deputado constatou que 371 dos 1.261 cargos da carreira se encontram vagos, o que representa 27,26% do total.

“Mais de um em cada quatro cargos de auditor fiscal não se encontra preenchido atualmente. Considerando os 42 que hoje estão cedidos a outros órgãos, esse déficit se eleva para mais de 30% do total”, disse o representante do PSD.

Acrescentou que informações obtidas na Secretaria da Fazenda indicam que até 2019 o quadro de auditores em exercício poderá ser reduzido para 644, em razão de pedidos de aposentadoria, o que representará uma vacância de 52,68%.

Os auditores aprovados afirmam que a nomeação de 300 concursados daria um incremento na receita de cerca de R$ 1 bilhão/ano.