XX

Perfil

Estudou Jornalismo na Unicap e Direito na UFPE. Iniciou sua carreira profissional em 1976 como estagiário do Jornal da Cidade, hoje extinto, com passagens posteriores pelo Diário de Pernambuco, O Globo, TV Globo e Jornal do Commercio, onde assinou por 22 anos a coluna política “Pinga Fogo”.

Como repórter político de O Globo, onde trabalhou durante 14 anos, acompanhou os bastidores da formatação da Lei da Anistia que culminou com o retorno ao Brasil em 1979 de exilados ilustres como Miguel Arraes, Francisco Julião e Gregório Bezerra, entre outros; cobriu em vários estados nordestinos a primeira eleição direta para os governos estaduais (1982) após o golpe militar de 64, bem como para prefeitos de capitais (1985); a campanha das “diretas já” em 84 e a eleição de Tancredo Neves para presidente da República em 1985; a eleição de Arraes para o governo de Pernambuco em 1986 e a de Joaquim Francisco em 1990; além da de Collor de Mello em 89 para o Palácio do Planalto.

Na condição de co-autor de uma reportagem política publicada no Jornal do Commercio em 1989 sobre os 10 anos da anistia, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo, categoria regional, um dos mais importantes do país. É autor do livro, ainda não publicado, “São José do Egito – 100 anos – Cidade de poetas que sonharam mudar o mundo”, cujo lançamento está previsto para o mês de julho deste ano.

É natural de São José do Egito, no Sertão do Pajeú, e fundador e diretor musical da Banda  PINGA FOGO.