O empreendedorismo da Magia do Natal em Garanhuns

Por: *Tony Neto

Nos s idos de 1998, o então empresário Izaías Régis bradava aos quatro cantos de Garanhuns que um dia, se o povo daqui lhe oferecesse uma oportunidade para gerir os rumos da cidade, ele transformaria a gestão com uma eficiência de tal maneira, a permitir que o povo tivesse dias melhores, que, como ele mesmo dizia, o resgate da auto-estima do garanhuense seria, sem sombra de dúvidas, uma das suas maiores obras.

Naquele ano, em que pese ter tido uma excelente votação para deputado estadual, quase 10 mil votos só em Garanhuns, ele não foi eleito, disputando também a eleição para prefeito de 2000, vindo a ser eleito na eleição seguinte, 2002, com uma votação histórica, sendo o único deputado estadual eleito diretamente, e exclusivamente, com os votos de Garanhuns.

De lá pra cá, tem sido um apaixonado pelas causas de Garanhuns e região. Companheiro fiel do senador Armando Monteiro, muitas vezes incompreendido, Izaías não se cansa de relatar o seu amor pela “Suíça Pernambucana” e tem, agora, para além de tantas outras obras já realizadas, algo com que se orgulhar, que é A MAGIA DO NATAL DE GARANHUNS.

Ver nossa cidade lotada de turistas e os nativos participando de um evento de tamanha grandeza, sendo notícia nos principais meios de comunicação em nível nacional, é algo que realmente resgata a auto-estima do nosso povo e provoca um desejo de seguir em frente. É perceber que estamos no melhor caminho. Que o Natal de Garanhuns gera emprego e renda a milhares de pessoas, que o turismo realmente é a indústria sem chaminé e que, portanto, torna a vida de muitos mais digna e realça a vontade e o orgulho de dizer: EU SOU DE GARANHUNS. É LÁ O MELHOR NATAL DO NORTE e NORDESTE DO BRASIL.

É hora de começar a entender que este evento, grandioso como o é, carece de uma participação mais efetiva daqueles que fazem o trade turístico da cidade. É preciso que hotéis, bares, restaurantes, comércio e indústria, entre outros, compreendam que a iniciativa privada precisa estar mais presente, para que, efetivamente, este se consolide, tornando aquilo que antes parecia impossível, algo real e duradouro.

Por vezes achei exagero quando o prefeito Izaías Régis dizia que o Natal de Garanhuns será o maior do Brasil. Hoje, começo a acreditar nisso como algo plausível. Algo que estará para esta cidade linda, com uma visão empreendedora arrojada e sensacional. Parece-me que para ele, o impossível não é inatingível. É só lembrar de uma frase que dizia o saudoso governador Miguel Arraes: “o possível a gente faz. O impossível, a gente se junta ao povo para fazer.” FELIZ MAGIA DO NATAL, GARANHUNS!

*Tony Neto é advogado.