Marília diz que candidatura de Lula é a prioridade do PT

A vereadora Marília Arraes, cujo nome está colocado no PT como pré-candidata ao Governo de Pernambuco, disse ao programa “Cidade em Foco” transmitido pela Rede Agreste de Rádio, que a prioridade do seu partido é a candidatura de Lula a presidente da República, mas isso não o impede de lançar também um candidato próprio ao Palácio Campo das Princesas.

Na última sexta-feira (9), Lula recebeu em São Paulo os três pré-candidatos do PT ao Governo do Estado: a própria Marília, o deputado Odacy Amorim e o militante José Oliveira.

Ao final da reunião, o PT divulgou uma nota dizendo que Lula está se esforçando para unir nas eleições os partidos do “campo progressista”: PT, PCdoB, PDT e PSB. Mas prejuízo do debate que possa haver em Pernambuco em torno da candidatura própria.

Marília disse concordar com o senador Humberto Costa de que “temos a obrigação de defender a candidatura do presidente Lula (porque) o projeto que ele representa que vai muito além da pessoa dele”.

“Então, temos sim essa prioridade. Agora, eu e muitos outros filiados do partido defendemos que para defender o projeto do presidente Lula em Pernambuco é preciso uma candidatura própria. Pois será que o PSB vai fazer a defesa de Lula tendo votado pelo impeachment de Dilma e a favor desse projeto que está hoje destruindo os direitos dos trabalhadores brasileiros? Eu acredito que não! O que o PSB quer é surfar na popularidade do presidente Lula e o tempo de televisão do PT que é muito grande”, disse a vereadora.

Questionada sobre se apoiaria a reeleição do governador Paulo Câmara, caso seja confirmada a aliança entre PT e PSB, Marília Arraes afirmou:

“Não tem nenhuma possibilidade de eu apoiar a reeleição de Paulo Câmara. Além disso, não credito que o PT vai fazer uma aliança incoerente como essa, principalmente diante do crescimento que a nossa candidatura vem apresentando, que mostra que não é um crescimento simplesmente de Marília, é um crescimento do projeto do Partido dos Trabalhadores”.