0

Julgamento de denúncia contra Eduardo da Fonte é mais uma vez adiado no STF

Um pedido de vistas do ministro Ricardo Lewandowski adiou mais uma vez na Segunda Turma do STF o julgamento de uma denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal pernambucano Eduardo da Fonte (PP).

O parlamentar é acusado pelo MPF de lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio pelo suposto recebimento de R$ 300 mil da UTC Engenharia em 2010 a fim de beneficiá-la com obras no esquema de corrupção da Petrobrás, cujo diretor de abastecimento, à época, Paulo Roberto Costa, fora indicado pelo partido dele (PP).

“Não basta que a denúncia simplesmente impute ao réu um crime com base em delação premiada. Exige-se que os fatos ali narrados não sejam apenas um ‘ato de fé’, uma mera possibilidade. A justa causa para o recebimento da acusação deve ter também em vista a fidelidade à prova”, disse o ministro Dias Toffoli que votou contra o recebimento da denúncia.

Deixe uma resposta

Inaldo Sampaio