Humberto detona a reforma mas não apresenta alternativa

Coluna Fogo Cruzado – 23 de março de 2019

Durante lançamento, na última quarta-feira, da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, o líder da bancada do PT no Senado, Humberto Costa, voltou a detonar o projeto de reforma previdenciária dizendo que ele é prejudicial aos interesses dos trabalhadores. O petista convocou o povo a sair às para as ruas para protestar contra essa reforma afirmando que quanto mais a sociedade tomar conhecimento do projeto, mais chances ele passa a ter de ser rejeitado pelo Congresso. O senador tem todo o direito de não concordar com um projeto que foi enviado ao Parlamento pelo presidente Jair Bolsonaro, que é satanizado pelo PT. Mas não está sendo correto ao induzir o povo brasileiro a se levantar contra uma reforma que é absolutamente necessária ao equilíbrio das contas previdenciárias. Teria que dizer, pelo menos, qual é a saída para se buscar esse equilíbrio, a menos que considere que a saúde financeira do caixa previdenciário está em ordem e que não necessita de ajuste algum. “O projeto não contém uma linha sequer para combater os sonegadores, que devem cerca de R$ 500 bilhões aos cofres públicos. Só este valor cobriria o rombo previdenciário estipulado pelo governo”, disse o senador pernambucano incorrendo em outro tropeção. Ora, ainda que o governo recuperasse esses tais quinhentos bilhões, eles só dariam para cobrir dois meses de déficit. E depois? Para não enganar os brasileiros, o senador deveria dizer também que caixa previdenciário também quebra, como ocorreu com o de Portugal e o do Grécia em passado recente.

PAINEL ELETRÔNICO

A Câmara Municipal de Olinda está de cara nova. O presidente Jorge Federal (PR) mandou implantar um painel eletrônico para facilitar o processo de votação. Pensando bem, esse painel veio com certo atraso, pois a Assembleia Legislativa, a Câmara Federal e o Senado já dispõem desse equipamento há mais de 20 anos.

CANAL ABERTO

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), fez uma visita de cortesia ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), de quem se tornou amigo quando ambos foram deputados federais. “Fiz grandes amigos quando passei pela Câmara e um deles foi Davi. Foi uma honra ter sido recebido por ele, que a partir de agora será nosso aliado em defesa dos interesses do nosso município”, declarou o prefeito.

CADÊ OS OUTROS?

Dos ex-ministros de Michel Temer, o único que botou a cara até agora em defesa dele foi Carlos Marun (Secretaria do Governo), que inclusive o visitou na prisão (Superintendência da PF no Rio de Janeiro). Dos quatro pernambucanos que o assessoraram (Raul Jungmann, Mendonça Filho, Bruno Araújo e Fernando Coelho Filho), nem notícia. “Temer era um perigo à ordem pública? À ordem econômica? Tentou fugir do país? Faltou a alguma convocação do Poder Judiciário? Obstruiu a Justiça? Não. Então, essa prisão preventiva decretada pelo juiz Hélio Bretas é um absurdo”, disse o ex-ministro.

LÍDER DA MAIORIA

O deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) é o novo líder da maioria na Câmara Federal. Ele foi ministro de Dilma (PT) e líder do governo Temer (MDB) na legislatura anterior. E pode ser indicado relator da PEC da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Casa pelo presidente Francisco Francischini (PSL-PR).

TÁ NEM AÍ

O presidente Jair Bolsonaro declarou no Chile que nem está nem um pouco preocupado com a pesquisa do Ibope, divulgada na última quarta-feira, que apontou uma queda de 15 pontos percentuais na popularidade do governo de janeiro a março deste ano. Ele disse que pesquisa não tem credibilidade, lembrando que em 2018 elas diziam que ele perderia para qualquer candidato que enfrentasse no segundo turno.

SEM PRESSA

Advogados do ex-presidente Michel Temer (MDB) ingressaram com pedido de habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ) pedindo o relaxamento da prisão dele, mas o desembargador relator, Ivan Athié, está sem pressa para analisá-lo. Mandou pautá-lo para a próxima quarta-feira, data em que se reunirá a Turma da qual faz parte. Não está afastada a hipótese de ajuizamento de novo recurso no STJ ou no STF.

ÁGUA PARA O AGRESTE

O governador Paulo Câmara esteve ontem (22) no distrito de Rio da Barra, município de Sertânia, para inaugurar a Adutora do Moxotó e a 1ª etapa da Adutora do Agreste. Ele foi recebido pelo prefeito Ângelo Ferreira (PSB) e outros prefeitos da região. A Adutora do Moxotó conecta o Eixo Leste da Transposição do rio São Francisco à Adutora do Agreste, que irá levar água do “velho Chico” para 69 localidades do Agreste pernambucano.

 97 ANOS DE VIDA

Próxima segunda-feira, dia 25, o PCdoB estará comemorando 97 anos de existência e para assinalar a passagem da data reunirá no Recife suas principais lideranças nacionais e regionais, entre elas a vice-governadora Luciana Santos que é a presidente nacional do partido. O ato festivo se realizará no Teatro Beberibe, do Centro de Convenções, em Olinda, a partir das 18h. Já confirmaram presença o ex-presidente nacional Renato Rabelo e os deputados federais Jandira Feghali (RJ) e Daniel Almeida (BA), líder da bancada do partido na Câmara Federal.

FÉ NA DEMOCRACIA

A direção nacional do PCdoB divulgou ontem (22) um manifesto sobre os 97 anos de fundação do partido. Os comunistas reafirmam o seu compromisso com a democracia, com a liberdade e com estado democrático de direito, “tal como se deu nas jornadas contra o Estado Novo e a ditadura militar”. O partido elegeu o governador do Maranhão, Flávio Dino, que deverá vir ao Recife na próxima segunda-feira para a festa do seu aniversário.

GESTÃO PÚBLICA

Sob a presidência do deputado federal Wolney Queiroz, o PDT de Pernambuco reuniu ontem seus principais líderes estaduais para um debate sobre Gestão Pública. O evento teve a participação de Fábio Fiorenzano, diretor geral do Prorural; Alberes Lopes, Secretário do Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo; Isabela de Roldão, Secretária de Habitação do Recife e do deputado estadual José Queiroz. Também participou da reunião Wellington Batista, ex-secretário estadual de Agricultura e chefe de gabinete de José Queiroz.

FESTIVAL DE EMENDAS

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Édson Vieira (PSDB), não pode reclamar da vida. Conseguiu para este ano cerca de R$ 5 milhões em emendas parlamentares apresentadas pelos deputados Fernando Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), pelo ex-deputado João Fernando Coutinho (PROS) e pelo ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB).

NOVA MUDANÇA

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), fez nova mudança na equipe. Bruno França é o novo secretário de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural em substituição a José Carlos Menezes, que pediu para sair. Já o secretário executivo de Serviços Públicos, Ytalo Farias, passou a ser o titular da pasta.

CIDADES SEGURAS

Boa notícia saber que no “ranking” das cidades mais pacíficas de Pernambuco elaborado pelo Ministério Público estão Ibirajuba, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó e Petrolina. O “ranking” tem como base os dados de criminalidade divulgados pela Secretaria de Defesa Social. O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), ficou radiante.

PREVIDÊNCIA MILITAR

O deputado Joel da Harpa (SD) analisou o projeto de lei que muda a previdência dos militares entregue na última quarta-feira (20) ao Congresso Nacional pelo presidente Jair Bolsonaro e chegou a esta conclusão: “Tem mais pontos negativos do que positivos”.