Gravatá terá um novo parque de aventura e ecoturismo

Foi assinada na última sexta-feira (28) o contrato de financiamento para a construção do maior Parque de Turismo de Aventura e Ecoturismo do Norte e Nordeste, o “Karawa Tã”, que será instalado a 300 metros do centro de Gravatá, no agreste pernambucano.

A assinatura do contrato foi realizada pelo idealizador do projeto e diretor do futuro parque, Paulo Roberto Barros e Silva, pelo gerente do Banco do Nordeste, Tiago Teotônio e pelo prefeito Joaquim Neto (PSDB), o vice Danilo Melo (PR), vereadores, secretários, gerentes de pousadas e hotéis e outras autoridades municipais.

“Desde o primeiro encontro com o projeto, nós vimos que é além de um produto, é um sonho sendo realizado. Abraçamos essa causa e a  prefeitura foi fundamental para que esta parceria se tornasse possível. Este é o maior projeto de micro e pequenas empresas do Banco do Nordeste em 2018”, disse Tiago Teotônio.

O investimento total é de cerca de 22 milhões de reais. Com o empreendimento, aproximadamente 100 profissionais do município serão contratados. As obras estão previstas para serem iniciadas em janeiro deste ano.

“O Prefeito Joaquim Neto é padrinho deste projeto que teve início há doze anos e sobre o qual ele sempre me incentivou. Em junho, o parque estará aberto ao público e funcionando.  Com isso o turismo de Gravatá não será mais o mesmo, vai agregar valores incalculáveis e atrair muita gente para nossa cidade”, garantiu Paulo Roberto.

Cada equipamento do parque vai conter a classificação etária dos participantes e serão adaptados para pessoas com deficiência, que poderão aproveitar várias atividades de lazer e de aventura. A estimativa inicial é de atender cerca de 1,5 mil pessoas por dia sem lotação, podendo aumentar a sua capacidade de acordo com a demanda.

“A gente sabe o quanto o turismo gera renda e Gravatá tem um potencial enorme. Não tenho dúvidas de que será um dos maiores complexos de lazer da região. A prefeitura está de portas abertas para projetos como este”, afirmou o prefeito.

Além das trilhas, o espaço vai ganhar mais de vinte atrações. Um dos destaques é a construção da maior tirolesa do Nordeste, com mil metros de extensão.Também vão ser oferecidos equipamentos de paintball, acqua Ball, orbitt Ball, rapel, estações de arvorismo, circuito de aventuras com ecoturismo, entre outras atividades destinadas ao segmento.

O espaço contará também com áreas gastronômica, auditório, onde serão ministradas palestras sobre educação ambiental, ambulatório e anfiteatro. O parque terá estacionamento com 300 vagas, mas a circulação dos veículos será proibida na área interna. Todo percurso poderá ser feito a pé ou através de um trenzinho adaptado.