Governadores do Sul e Sudeste apoiam a reforma previdenciária

Coluna Fogo Cruzado – 18 de março de 2019 

Reunidos em Belo Horizonte no último sábado (17), governadores das regiões Sul e Sudeste declararam apoio incondicional ao projeto de reforma previdenciária que o presidente Jair Bolsonaro enviou para o Congresso. A exceção foi o governador do Espírito Santo, Renato Casa Grande (PSB), que, seguindo a orientação do seu partido que uma discussão mais ampla sobre a aposentadoria dos trabalhadores rurais e o pagamento do Benefício de Prestação Continuada. O único ausente foi o governador do Paraná, Ratinho Júnior, que alegou compromissos anteriores na agenda. Coincidência ou não, dois dias antes do encontro de Minas os governadores do Nordeste se reuniram em São Luís (MA) para avaliar o conteúdo do projeto da reforma previdenciária. Segundo o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, se o governo não flexibilizar a redação do texto em relação aos trabalhadores rurais e ao BPC, ele não terá o apoio dos governadores nordestinos, que em sua totalidade não votaram em Jair Bolsonaro para presidente da República. Um ponto em comum entre a reunião de Belo Horizonte e a de São Luís foi a criação de um consórcio para permitir aos governadores que adquiram bens e serviços de forma compartilhada. O que nasceu em São Luís chama-se “Consórcio Nordeste” e o que surgiu em Belo Horizonte chama-se COSUD (Consórcio de Integração Sul e Sudeste).

ONDE O SAPATO APERTA

Mesmo que tenham divergências pontuais em relação ao projeto de reforma da previdência, pelo menos três governadores das regiões Sul e Sudeste não têm como ficar contra porque os estados que governam estão quebrados em decorrência do peso da folha dos inativos: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O Rio Grande do Norte também está quebrado, mas a governadora Fátima Bezerra (PT), por “questões ideológicas”, é contra o projeto.

TEMAS CONSORCIADOS

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), relacionou sábado (16) em Belo Horizonte a área de atuação do consórcio recém criado pelos governadores do Sul/Sudeste: segurança pública, combate ao contrabando, saúde, sistema prisional, desburocratização, turismo, desenvolvimento econômico, educação, inovação e tecnologia, logística e transporte.

A CARTA DE LULA

No relançamento da campanha “Lula Livre” sábado passado (16), em São Paulo, coube ao presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, fazer a leitura de uma carta enviada pelo ex-presidente à militância do PT, que se reuniu no auditório do Sindicato dos Metroviários, no Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Na carta, Lula afirma que prometeu ao neto, Arthur, falecido na semana passada, vítima de meningite, “que não descansarei enquanto não provar que os verdadeiros ladrões são os que me condenaram”,

CÚMPLICE DO LARANJAL

O discurso mais inflamado no relançamento da campanha “Lula livre” foi o de Guilherme Boulos (PSOL), candidato derrotado à Presidência da República e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Segundo ele, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, “que até outro dia posava de arauto da moralidade e garantidor da República, hoje é um cúmplice do laranjal do PSL, um cúmplice de um governo de milicianos”.

ESCOLA  DO LEGISLATIVO

Na mesma semana em que o ex-deputado José Humberto Cavalcanti (PTB) assumiu a superintendência da Escola do Legislativo, vinculada à Alepe, o deputado estadual Walfrido Salmito Filho (PDT) assumiu a presidência da Escola Superior do Parlamento Cearense. Seu pai, Walfrido Salmito, foi um dos melhores superintendentes da história da Sudene, extinta no governo de FHC e recriada no governo de Lula.

DISTENSÃO POLÍTICA

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que está se revelando um dos mais talentosos políticos do Brasil, recebeu sábado (16), para um churrasco, na residência oficial do presidente da Casa, em Basília, os presidentes Jair Bolsonaro, Davi Alcolumbre (Senado) e Dias Toffoli (STF), além do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública). Todos externaram o desejo por um “entendimento” em prol do Brasil e do seu povo.       

FAZ FORÇA, JOSÉ!!!

Cotado para o lugar de Daquel Dodge, o presidente na Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho, filho do conceituado médico pernambucano Guilherme Robalinho, promoveu sábado (16) em Curitiba um “ato de desagravo” aos procuradores da Lava Jato, que têm recebido muitas pancadas nos últimos dias porque se acham acima do bem e do mal, especialmente o Deltan Dallagnol.

ATAQUE À SUPREMA CORTE

Deltan Dallagnol tem feito duras críticas ao STF por ter decidido na última quinta-feira (14), por 6 votos contra 5, que crimes de “caixa dois”, ainda que conexos com crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, têm que ser julgados pela Justiça Eleitoral. Afirma que isso será o “fim da Lava Jato”, o que é uma grande mentira, porque a Justiça Eleitoral não estaria aparelhada para apurar esses tipos de crime. Ora, crimes eleitorais são apurados pela Polícia Federal. Como então afirmar que ela não tem estrutura para apurar casos de “caixa dois”?

MANDATO TAMPÃO

Realizou-se neste domingo (17) eleições suplementares para a escolha de prefeitos de cinco municípios porque os eleitos em 2016 tiveram problemas com a justiça. Foram eles: Cajamar, Lagoinha e Macaubal (SP), Piên (PR) e Cabedelo (PB). Neste último, que tem 47 mil eleitores, o prefeito Leto Viana (PRP) foi afastado pela Câmara de Vereadores, por improbidade, e posteriormente renunciou ao mandato. A presidente do TSE, ministra Rosa Weber, acompanhou tudo em Brasília.

PRIMEIRA VITÓRIA

Assim que foi encerrado, na última sexta-feira (15), o leilão de 12 aeroportos que eram administrados pela Infraero, entre eles o do Recife (Internacional dos Guararapes), o presidente Jair Bolsonaro postou no seu Twitter: “Foi realizado hoje, 15/03, o leilão de 12 aeroportos das regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Valor inicial proposto era de R$ 218,7 milhões. Conseguimos arrecadar R$ 2,37 bilhões, valor 10 vezes maior, que será pago à vista. É o Brasil voltando a crescer! Grande vitória!”. O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) vai tentar inserir o aeroporto de Petrolina na próxima rodada de concessões.

BOLSA FAMÍLIA

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (PSDB), entregou à população neste final de semana as novas instalações do “CADúnico”, espaço que vai facilitar a vida dos beneficiários ao Bolsa Família. O prédio, de dois pavimentos, conta com três salas para cadastradores, três para entrevistadores, sala da assistência social, arquivo e sala da coordenação. Tem ainda uma moderna recepção, elevador e banheiros com acessibilidade. A prefeitura investiu na obra cerca de R$ 700 mil.

PLANTIO DE ÁRVORES

Neste sábado (16), o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), iniciou o plantio de 482 árvores no Parque da Macaxeira, zona norte da capital, ainda como parte das comemorações dos 482 anos de fundação da capital pernambucana. As espécies plantadas, provenientes das sementeiras do Jardim Botânico, têm características adequadas para parques e praças de grande e médio porte. O Parque da Macaxeira recebeu 200 mudas, o Parque do Caiara 180 e o Canal do Arruda 102, totalizando 482 mudas. O secretário municipal de Meio Ambiente, José Neves Filho, acompanhou o prefeito.

A VELHÍSSIMA POLÍTICA

Os deputados federais Silvio Costa Filho (PRB) e Tadeu Alencar (PSB) estiveram em seus redutos, neste final de semana, para entregar equipamentos adquiridos com recursos de emendas parlamentares de autoria deles. Ó primeiro entregou uma VAN no município de Condado e o segundo um trator no município de Bodocó. Pensava-se que isso era atribuição de membros do Poder Executivo, mas, deixa pra lá.

DE CORAÇÃO PARTIDO

Após recente visita ao Estaleiro Vard Promar, no Porto de Suape, o deputado estadual Romero Sales Filho (PTB) saiu de coração partido com o que ouviu de interlocutores. Nos últimos quatro anos, 60 mil trabalhadores perderam o emprego na indústria naval brasileira. Hoje, os estaleiros empregam 25 mil pessoas, número que já chegou a 84 mil em 2014. Em Pernambuco, o Estaleiro Atlântico Sul, que já chegou a gerar 18 mil empregos diretos, só emprega atualmente 3.500 pessoas para fazer a entregar de suas últimas encomendas. No Estaleiro Vard Promar, também localizado no Complexo de Suape, apenas nos últimos 18 meses houve uma redução de 91% nos postos de trabalho. O deputado, filho da prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB), promete lutar para que os estaleiros não fechem suas portas.

EDUCAÇÃO PARA TODOS

Mesmo com o caixa baixo, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), que já foi secretário de Agricultura do Governo do Estado, não descuida da educação. Adquiriu recentemente 8 mil cadernos de 96 folhas para os alunos da rede municipal. Serão beneficiadas 30 escolas e duas creches. A compra importou numa despesa de R$ 128 mil.

FENAGRI SERÁ EM PETROLINA

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), já iniciou os preparativos para a realização da 28ª edição da Feira Nacional da Agricultura Irrigada (FENAGRI) que em 2020 ocorrerá em seu município. Em 2018 ela foi realizada em Juazeiro (BA), sempre de forma alternada – uma vez em Juazeiro e outra em Petrolina, a cada dois anos. O evento reúne homens de negócio do Brasil inteiro.

O FRACASSO DO EMPRESÁRIO

A decepção do MDB de Pernambuco com os prefeitos em elegeu em 2016 foi em Palmares, principal município da Mata Sul. Lá, o deputado federal Raul Henry fez o que pôde pela eleição do empresário Altair Júnior, uma esperança para o município por se tratar de um quadro político oriundo da iniciativa privada. Só que o prefeito não se revelou um bom gestor e começou a atrasar a folha dos funcionários ainda em 2018. Foi afastado pela Câmara Municipal e ainda não se sabe se vai voltar.