GOVERNADOR ABRIRÁ FENEARTE NESTA QUARTA-FEIRA

O governador Paulo Câmara abrirá nesta quarta-feira às 14h, no Centro de Convenções de Olinda, a 20ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato – Fenearte. O evento, que se prolongará até o dia 14 de julho, homenageará os cirandeiros Mestre Baracho, Dona Duda e Lia de Itamaracá

Ao longo dos próximos 12 dias, a Fenearte receberá cerca de cinco mil expositores, distribuídos em 800 stands, em uma área de 30 mil m². A Feira espera atrair mais de 300 mil visitantes, a exemplo do que ocorreu em 2018.

Trata-se da maior feira de arte da América Latina, com destaque para os bonecos de barro de Caruaru e Tracunhaém.

LÍDERES SINDICAIS RECOMENDAM REJEIÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Líderes sindicais de Pernambuco, presentes no Conselho Deliberativo da Fetape, em Carpina, referendaram nesta terça-feira o relatório da Comissão Especial da Assembleia Legislativa  que  recomenda à bancada pernambucana no Congresso Nacional, a rejeição do projeto da reforma previdenciária. O relatório é de autoria do deputado e ex-prefeito do Recife, João Paulo (PCdoB).   

Representando o colegiado, estavam na reunião os deputados Doriel Barros (PT), João Paulo (PCdoB) e Sivaldo Albino (PSB).

“Esse documento simboliza o real desejo da nossa gente. Todos os nossos esforços têm  sido direcionados no sentido de barrar essa PEC 06/2019, que quer acabar com os nossos direitos”, afirmou a presidenta da Fetape, Cícera  Nunes.

O deputado Doriel Barros destacou que o documento foi construído por um dos poderes do Estado e deve ser usado pelos trabalhadores rurais como mais um instrumento para embasar a luta contra a reforma da previdência.

Ele disse que cópia do relatório será encaminhada aos deputados estaduais, federais, senadores, câmaras de vereadores, prefeitos e a todos os sindicatos de Pernambuco.

“As conclusões da Comissão são o resultado da escuta dos mais diferentes segmentos de nossa sociedade, especialmente durante  dezenas de Audiências Públicas nos municípios. Por isso, ele reflete a opinião da classe trabalhadora”, acrescentou. 

“A proposta da reforma não ataca os problemas centrais da previdência, que é o grande número de desempregados. E quer tirar a reponsabilidade dos empresários. Por isso,  nós rejeitamos a proposta”, declarou João Paulo. O relatório foi apresentado na Comissão da Alepe no último dia 26 e aprovado por unanimidade.

PREFEITO DE JABOATÃO PEDE PARA ASSUMIR A PE-17

O prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR),  pediu por ofício ao governador Paulo Câmara para assumir a gestão da PE-17, conhecida como “estrada de Muribeca”, é alvo de críticas por parte dos motoristas que nela trafegam diariamente. Calcula-se que trafeguem por essa via, diariamente, cerca de 23 mil veículos.

O prefeito lembrou que já encaminhou dois requerimentos ao Governo do Estado, solicitando que a PE-17 seja municipalizada, mas nenhum dos pedidos foi atendido. O mais recente foi enviado no dia 26 de março deste ano.

“A PE-17 é uma das vias mais importantes do nosso município e para economia de Pernambuco. A maior parte dos seus 11 km de extensão corta o bairro da Muribeca, onde está o maior polo logístico do Estado e por onde passam milhares de veículos pesados, transportando todo tipo de carga, além de ser a principal ligação entre a BR-101 e Jaboatão Centro. Mas o Governo Estadual abandonou a PE-17, não tem a menor preocupação em fazer a sua manutenção e tampouco de recuperá-la. Do jeito que está, coloca em risco os motoristas que trafegam em qualquer horário do dia”, declarou o prefeito.

Ele ressaltou que quando o Governo Estadual divulgou a lista das rodovias que serão recuperadas, este ano, através do programa “Caminhos de Pernambuco”, a PE-17 não foi incluída.

“Portanto, não podemos esperar que a Estrada da Integração seja recuperada ainda em 2019. Por isso aguardamos um posicionamento do Governo do Estado a respeito do requerimento que enviamos para que a competência de cuidar desta via seja transferida para o município. Havendo essa transferência, faremos um grande trabalho de recuperação”, garantiu o prefeito.

MORO SE QUEIXA DA CCJ DA “AGRESSIVIDADE” DO ADVOGADO DE LULA

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que prestou depoimento nesta terça-feira (2) na CCJ da Câmara Federal sobre os diálogos que travou com procuradores federais sobre a condução da Operação Lava Jato.

Ele criticou a postura do advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, dizendo que nas audiências ele “adotou atitude beligerante, quase ofensiva”.

Moro foi bastante questionado por parlamentares da oposição, entre eles o líder da bancada do PSB, Tadeu Alencar (PE). Mas deixou sem resposta algumas perguntas como, por exemplo, se é verdadeira a informação de que a Polícia Federal solicitou ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) relatório sobre atividades financeiras do jornalista Glenn Greenwald, do site “The Intercept Brasil”, que divulgou suas conversas com os procuradores da Lava Jato.

Moro repetiu praticamente tudo que havia dito no Senado duas semanas atrás: que não reconhece a autenticidade das mensagens e que, mesmo se forem verdadeiras, “são coisas absolutamente triviais dentro do cenário jurídico”.

STF DEFINE LISTA TRÍPLICE PARA MINISTRO SUBSTITUTO DO TSE

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, enviou ao presidente Jair Bolsonaro a lista tríplice para uma vaga de ministro substituto no Tribunal Superior Eleitoral. 

A lista é encabeçada pela advogada Daniela Teixeira, que obteve 10 votos dos 11 possíveis. Ele foi vice-presidente da OAB no Distrito Federal. Os outros dois são os advogados Marçal Justen Filho (9 votos) e Carlos Mário Velloso Filho (8 votos). O ministro Gilmar Mendes não participou da votação.

MINISTRO DO TURISMO SEGUE FIRME NO CARGO

O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta terça-feira (2) que não está pensando em fazer novas mudanças na sua equipe, confirmando a permanência do ministros Marcelo Álvaro (Turismo) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

“Por enquanto temos 22 ministros sem problema. Tem que ter acusação grave, com substância. Por enquanto, não tem nada contra ele (Marcelo Álvaro), tem contra um assessor. Se o assessor falar e for confirmado que ele tem participação, aí a gente toma uma providência”, disse o presidente. Bolsonaro ao chegar para um almoço no Ministério da Defesa.

O assessor Mateus von Rondon teria envolvimento com um suposto esquema de “candidatas-laranja” nas eleições de 2018, em Minas Gerais, terra do ministro, com o objetivo receber recursos do fundo eleitoral. À época, Marcelo Álvaro presidia o PSL no Estado.

“ESTOU DESCONHECENDO O GENERAL HELENO”, DIZ SENADOR AMAZONENSE

O senador Omar Aziz (PSD-AM) solidarizou-se nesta terça-feira (2) com o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, devido aos ataques que lhe foram feitos pelo vereador Carlos Bolsonaro através de redes sociais.

“Quero me solidarizar com o general Heleno. Mas eu não me permitiria ser atacado como ele foi ontem. Estou desconhecendo o general”, disse o senador amazonense.

Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), sem citar nomes, insinuou que o general Augusto Heleno sabia do envolvimento do segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues no tráfico de cocaína para a Espanha.

PRESIDENTE NACIONAL DO DEM DIZ QUE BOLSONARO NÃO TEM AGENDA

“Até agora, não sabemos qual é a agenda do governo além da reforma da Previdência”, disse nesta terça-feira (2) o presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto

Ele acha que o presidente da República “fez uma opção clara por não ter uma base de apoio”, dado que nunca se interessou em estreitar suas relações com o Congresso com esta finalidade.

O senador Vanderlan Cardoso (PP-GO) tem uma opinião mais negativa ainda sobre o governo Bolsonaro. Disse ele: “O que vejo é só discurso. Qual é a agenda? Privatização por acaso é agenda?”

BOLSONARO FAZ CRÍTICAS AOS GOVERNADORES DO NORDESTE

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta terça-feira (2) os governadores do Nordeste por se negarem a dar apoio à reforma previdenciária. Devido a essa falta de apoio, o relator do projeto na comissão especial da Câmara, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deixou estados e municípios fora do projeto.

“Para entrar estados e municípios (na reforma), os governadores, em especial do Nordeste, de esquerda, têm que votar a favor. Até há pouco tempo eles queriam que fosse aprovada a reforma com voto contrário deles, para não ter desgaste”, disse o presidente da República. 

Também nesta terça-feira, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reuniram-se com vários governadores, quatro deles do Nordeste, para ver se chegavam a um acordo em torno do projeto oficial. 

Participaram da reunião os governadores Camilo Santana (CE), João Azevedo (PB), Renan Filho (AL), Wellington Dias (PI) e Renato Casagrande (ES).

Samuel Moreira fez a leitura do seu relatório e uma das novidades atendeu às expectativas do deputado Danilo Cabral (PSB-PE): professoras vão poder se aposentar aos 57 anos (o projeto previa 60).