Doria continua dando emprego a políticos de outros estados

O governador João Doria (SP) entende que seu partido (PSDB) não tem quadros qualificados, em São Paulo, e continua recrutando políticos de outros estados para auxiliá-lo à frente do governo.

Depois de levar para a sua equipe 9 ex-integrantes do governo Michel Temer, Doria anunciou nesta sexta-feira o nome do deputado federal não reeleito Antonio Imbassahy (PSDB-BA) como secretário especial e chefe do escritório do governo paulista em Brasília.

“Cria” política do ex-senador Antonio Carlos Magalhães e ex-ministro da Secretaria de Governo na gestão de Temer, Imbassahy não conseguiu renovar o mandato apesar de ter recebido apoio do prefeito de Salvador, ACM Neto, um dos mais bem avaliados do país.

Doria levou 9 ex-auxiliares de Temer para a sua equipe mas esqueceu de convidar o ex-ministro Bruno Araújo, que tem o seu apoio para presidir o PSDB.