Ciro diz que “cerca” o PSB porque Joaquim Barbosa desistiu

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse nesta terça-feira (12) que só resolveu buscar o apoio do PSB à sua candidatura porque o partido não tem candidato. Chegou a pré-lançar o ex-ministro Joaquim Barbosa (STF) mas logo em seguida ele desistiu.

“Sem desmerecer ninguém, minha prioridade no momento é o PSB pela circunstância simples de que o partido não tem candidato”. A afirmação foi feita após o ex-ministro participar de um evento da Força Sindical, em São Paulo.

Sobre a aliança com o PCdoB, declarou: “Adoraria ter apoio deles, mas eles lançaram a Manuela D’Ávila”. Baseado nesse critério, Ciro não pretende procurar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que se lançou candidato pelo DEM mas já sinalizou que tem simpatia pelo candidato do PDT.

“Quem quiser governar bem o Brasil tem que ser capaz de unir diferentes forças e concepções em torno de um único projeto de desenvolvimento. Rodrigo Maia é velho amigo e não acho que haveria dificuldade em estabelecer com ele entendimento”, disse Ciro Gomes.