0

Fernando Bezerra participa em Nova York de seminário sobre o Brasil

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) participou em Nova York, no final de semana, da sexta edição do seminário World Economy and Brazil.

O evento, promovido pela Fundação Getúlio Vargas e Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, foi realizado na Harvard Business School Club.

Foram palestrantes, entre outros, o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), o embaixador do Brasil nos EUA, Sérgio Amaral e o ex-presidente do Banco Central, Carlos Geraldo Langoni.

Para o senador, o evento foi importante para mostrar aos participantes que o Brasil está saindo da recessão e reiniciando o seu processo de crescimento econômico.

“O Brasil precisa voltar a crescer e a atrair investidores. Este momento nos Estados Unidos é importante para que possamos mostrar que estamos no rumo certo”, disse o senador pernambucano.

O representante do PSB participou do evento como convidado da Fundação Getúlio Vargas, de onde foi aluno. E vai cumprir nos EUA a seguinte agenda:

16/05
10h- Sede do Governo do Estado de Nova Jersey. Assuntos: Divisão de Aplicação de Aeronaves e Projeto de Aplicação em Diesel
17/05
14h- Sede da Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Energético do Estado de Nova York. Assuntos: Pesquisa, Abastecimento e Energia.
19/05
14h- Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey. Assuntos: Divisão do Meio Ambiente e Energia.

0

Moro e José Eduardo Cardozo dividem os holofotes na Universidade de Oxford

O juiz Sérgio Moro e o ex-ministro da Justiça no governo Dilma, José Eduardo Cardozo, sentaram à mesma mesa na tarde deste sábado (13) durante um debate no fórum “Brazil Forum UK” realizado na Universidade de Oxford, em Londres.

O único pernambucano a participar deste evento foi o senador Armando Monteiro Neto (PTB), que defende as reformas trabalhista e previdenciária.

Moro e o ex-ministro discutiram o papel do Judiciário na democracia brasileira, mas a operação Lava-Jato também entrou na discussão.

Sérgio Moro chegou ao local sob aplausos e vaias. “Não sei se alguém esperava um confronto”, declarou o juiz abrir o fórum.

Segundo ele, a Lava Jato serviu para mostrar o quando a corrupção está espalhada pelas instituições brasileiras.

José Eduardo, que sempre foi um crítico da Lava Jato, questionou as prisões preventivas decretadas por Moro, que justificou cada uma delas como necessária para evitar furos na operação.

0

Armando participa em Londres de fórum sobre os problemas do Brasil

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) participará em Londres, neste final de semana (13 e 14), do fórum “Brazil UK”.

O evento vai reunir representantes das áreas política, econômica e jurídica para uma grande troca de idéias sobre os principais problemas do nosso país.

O senador pernambucano fará sua palestra neste sábado (13) na conceituadíssima London School of Economics sobre “Eficiência e dinamismo: como os negócios podem transformar a economia brasileira?”.

Do mesmo painel participarão a vice-presidente do grupo Latam, Claudia Sender, o especialista em agronegócio, Marcos Jank e o advogado Roberto Quiroga Mosquera.

O Forum Brazil UK é realizado anualmente por alunos brasileiros de pós-graduação de diversas universidades britânicas com apoio da Brazilian Society da Universidade de Oxford.

Além do senador, também foram convidados para este Fórum o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), O ministro Luís Roberto Barroso (STF), os ex-ministros Ciro Gomes, Isabela Teixeira, José Eduardo Cardoso, Patrus Ananias e Jacques Wagner e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

0

O Brasil elegeria um novo Collor?

Coluna Fogo Cruzado – 10 de maio

Presidente eleito da França disputou a eleição por um partido criado há 1 ano e que não tem nenhum deputado

Em entrevista à “Folha de São Paulo” de anteontem, o ex-presidente FHC apontou o prefeito de São Paulo, João Dória, filiado ao PSDB e o apresentador de TV Luciano Huck, sem partido, como o “novo” no cenário político porque não têm envolvimento com a Lava Fato. Lula, disse o tucano, assim como o PT, o PSDB e o PMDB foram fortemente atingidos pela operação, sendo que o petista, que lidera as pesquisas de intenção de voto para 2018, “perdeu a classe média e o pessoal do dinheiro”, e isso não teria mais volta. Dória e Huck, portanto, seriam as duas caras novas às próximas eleições, assim como foi na França o presidente eleito Emmanuel Macron, que se elegeu com 39 anos por um partido (“Em Marcha”) recém criado, que não tem um único parlamentar. Bom lembrar que quando o Brasil elegeu Collor em 1989 ele tinha apenas 40 anos de idade e seu partido era o PRN, que ele criara um ano antes exatamente para ser candidato.

Litígio judicial

Informa o ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB), que não existe litígio entre a prefeitura e o Governo do Estado pela posse do Hotel Pousada do Araripe. O imóvel, garante, é de propriedade do Governo, que cedeu uma parte do terreno para a construção de uma UPA. O litígio da prefeitura foi com um cidadão que ocupou o Hotel devido a uma questão trabalhista.

Exclusão – Para o ex-prefeito de São Lourenço, Ettore Labanca (PSB), o Palácio das Princesas agiria corretamente se não convidasse o prefeito Raimundo Pimentel (Araripina) para acompanhar Paulo Câmara naquele município porque a ligação política dele é com o senador Armando Monteiro (PTB).

Audiência – Paulo Câmara foi recebido ontem em audiência pela presidente do BNDES, Maria Sílvia Marques Bastos, em meio a rumores (não confirmados pelo Palácio do Planalto) de que ela estaria demissionária por contrariar interesses políticos de aliados de Michel Temer.

Relação – Já foi melhor a relação institucional entre a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB) e o Palácio das Princesas. No governo de Eduardo Campos, o antecessor dela, José Queiroz (PDT), era recebido em Palácio sem marcar audiência. Raquel já pediu, mas não marcaram.

Buraqueira – O deputado Júlio Cavalcanti (PTB) cobrou do secretário Sebastião Oliveira (Transportes) a recuperação da PE-270 no trecho entre Buíque e Águas Belas dizendo que ela tem mais buracos do que “tábua de pirulito”.

Gerência – O ex-prefeito de Tuparetama, Deva Pessoa (PSB), não foi nomeado gerente do Pajeú na Casa Civil, como se disse nesta coluna, e sim gerente regional do IPA.

Assalto – Aliado do prefeito Geraldo Júlio (PSB), o vereador recifense Marco Aurélio (PRTB) fez duras críticas ao sistema de segurança do Governo do Estado pelo fato de sua mulher, Neide e sua filha, Maria Marie, encontrarem-se no interior de uma agência da CEF que foi assaltada.