0

Gleisi confirma conversa com o PSB visando à sucessão de Temer

A presidente nacional do PT, senador Gleisi Hoffman (PR), confirmou em São Paulo nesta quinta-feira (21) ter iniciado conversas com partidos de centro-esquerda visando às eleições presidenciais do próximo ano.

Segundo ela, “independente da manutenção da candidatura de outros partidos, vamos procurar todas as siglas de centro-esquerda pela responsabilidade que este campo tem na reconstrução do país. O PT tem inclusive esse dever como o maior partido da esquerda brasileira”, disse a senadora paranaense, que é um dos políticos investigados na Operação Lava Jato.

Ela informou já ter feito contatos com políticos do PSB, PCdoB, PDT e PSOL, deixando claro, todavia, que isso não significa em absoluto que a aliança já está definida.

“É apenas um diálogo que eu procurei iniciar. Mas quem sabe desse processo de conversa a gente possa ter uma construção conjunta, seja de uma base programática, seja de uma candidatura presidencial”, acrescentou.

Em Pernambuco, fala-se muito numa reaproximação do PT com o PSB, mas as partes por enquanto não confirmam esse entendimento. O PSB não tem candidato a presidente da República mas para o governo estadual está fechado com a reeleição do governador Paulo Câmara.

Já o PT tem candidato a presidente da República, que é o ex-presidente Lula, se não ficar inelegível, mas para o Governo do Estado ainda não clarificou sua estratégia. Há um nome posto à disposição do partido, que é a vereadora Marília Arraes, mas ela ainda aguarda o “okey” da direção estadual.

0

Alckmin estará no Recife na próxima segunda para participar do Fórum Nordeste

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, um dos pré-candidatos do PSDB a presidente da República no próximo ano, estará no Recife na próxima segunda-feira (25) para participar do Fórum Nordeste 2017 – Desafios e Oportunidades nos Setores de Biocombustíveis, Etanol e Energias Limpas. O evento ocorrerá a partir das 8h30 na Arcádia do Paço Alfândega.

Alckmin e o prefeito de São Paulo, João Dória, disputam a indicação no PSDB para concorrer à sucessão de Temer em 2018. Nesta sua visita a Pernambuco, ele terá oportunidade de se encontrar com os governadores Paulo Câmara (PE) e Renan Filho (AL), além dos ministros Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia).

O “Fórum Nordeste 2017” é realizado todos os anos pelo Grupo EQM com o apoio do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco (Sindaçúcar).

Por sua vez, o prefeito João Doria disse nesta quinta-feira (21), em São Paulo, que o candidato tucano a presidente da República deveria ser escolhido por meio de prévias e de pesquisas de opinião.

Ele defende que as prévias sejam realizadas entre janeiro e março do próximo ano, após a eleição da nova executiva nacional do partido, que está marcada para o mês de dezembro. Já Alckmin defende que as prévias sejam realizadas no final do ano, ou, no mais tardar, no começo de 2018.

“Eu não desconsidero as prévias, mas é importante também que existam pesquisas. Não pode um partido nacional como o PSDB desconsiderar pesquisas, que têm base científica”, declarou o prefeito, que está trabalhando com afinco para “passar” a perna no governador, que o lançou na vida pública.

0

4. 206 vagas de emprego foram criadas em Pernambuco no mês de agosto

O Ministério do Trabalho informou nesta quinta-feira (21) que Pernambuco registrou no mês de agosto o quarto maior saldo positivo na criação de empregos: 4.206 novos postos de trabalho.

De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), foram registradas no período 35.927 admissões e 31.721 demissões.

O setor de Indústria da Transformação foi quem mais empregou, com 1.927 novos postos, seguido pelo de Agropecuária com 1.802 novos empregos. O setor de Serviços veio em terceiro lugar com 673 novas vagas.

De acordo com a assessoria do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, três municípios lideraram a criação de novos empregos em Pernambuco: Igarassu (2.150 novas vagas), Petrolina (1.313) e Bezerros (333).

“Os números apontam a importante continuidade da retomada do emprego em Pernambuco e poderão ficar ainda melhores nos próximos meses”, declarou o ministro.

Já o Estado de São Paulo teve um saldo positivo no mês de agosto de 35.457 novos postos de trabalho, sendo este o quinto mês consecutivo e o sexto do ano em que o Caged registrou mais contratações do que demissões.

Em todo país, houve 1.254.951 admissões e 1.219.494 demissões. No acumulado do ano, houve um crescimento de 163.417 postos de trabalho, significando que o desemprego está ficando para trás.

De acordo ainda com o Caged, todas as regiões do país tiveram crescimento no nível de emprego no mês de agosto, com destaque para o Nordeste, que registrou 19.964 novos postos.

Os maiores crescimentos ocorreram em São Paulo, Santa Catarina, Ceará, Pernambuco e Paraíba.

0

Morre no Recife aos 51 anos de idade prefeito da cidade de Dormentes

Morreu no início da noite desta quinta-feira (21) no Hospital Português, no Recife, o prefeito da cidade de Dormentes, Geomarco Coelho (PSB), de 51 anos de idade.

Ele veio a óbito durante a realização de uma cirurgia cardíaca e deverá ser sepultado nesta sexta-feira (22) no cemitério de sua cidade, que fica no Sertão do São Francisco.

Dormente é o maior produtor de ovinos de Pernambuco e Geomarco estava no seu quarto mandato de prefeito. Ele era graduado em História pela Universidade de Pernambuco (UPE) e aliado político do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), maior liderança política da região, que ao tomar conhecimento do fato divulgou a seguinte nota de pesar:

“Foi com enorme pesar que recebi a triste notícia do falecimento do meu amigo Geomarco Coelho, prefeito de Dormentes. Geomarco foi um homem que sempre lutou em benefício de sua cidade e sua gente. Um gestor público responsável e dinâmico, mas acima tudo um grande cidadão, pai de família e companheiro, que ao meu lado esteve em tantas caminhadas. Certamente deixa uma enorme lacuna em nossos corações. Fica para todos nós seu exemplo de vida e luta. Que os familiares e amigos possam encontrar na fé o conforto necessário para superar toda a dor deste momento”.

0

Rodrigo Maia ainda não assimilou ida do senador Fernando Bezerra para o PMDB

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ainda não assimilou a filiação do senador Fernando Bezerra Coelho (ex-PSB) ao PMDB porque estava tudo certo para ele se filiar ao Democratas junto com outros dissidentes do PSB.
Ele culpou o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), pela cooptação de Bezerra Coelho dizendo que ele tenta reduzir o crescimento do DEM no Congresso Nacional.
Disse, embora sem citar nomes, que “ministros do Palácio” (referência a Moreira Franco e Eliseu Padilha) dão “facada nas costas” do DEM e que vai se queixar do fato ao presidente Michel Temer.

“Que o PMDB pare de tentar reduzir o crescimento do Democratas na Câmara dos Deputados. Isso é uma coisa que eu alertei o presidente da República. Isso é muito grave e não ajuda quando o próprio Palácio participa dessa operação. Estou falando da ação que o presidente do PMDB desenvolve, junto com alguns ministros do Palácio, para enfraquecer o Democratas”, declarou Rodrigo Maia.

0

Fim das coligações proporcionais só a partir de 2020

A Câmara Federal provou ontem (20), em segundo turno, a PEC 282/2016 que estabelece o fim das coligações nas eleições proporcionais, mas só a partir de 2020. Como houve alterações no texto, terá que voltar ao Senado, onde teve início a tramitação.

A Câmara aprovou em primeiro turno o texto que veio do Senado, de autoria dos senadores Aécio Neves (MG) e Ricardo Ferraço (ES), ambos do PSDB.

Na votação de ontem, todavia, foi aprovado um destaque de autoria da bancada do PPS propondo que o fim das coligações proporcionais só começasse a valer a partir de 2020, quando serão eleitos os vereadores.

Com isso, as coligações ficam mantidas para as eleições de deputados federais e estaduais do ano que vem. O destaque foi aprovado por 384 votos contra 87 e quatro abstenções.

Uma nova sessão foi marcada para a próxima terça-feira (26) para concluir a votação dos destaques. Para que esta PEC vigore nas próximas eleições, ela precisa ser aprovada pelo Senado e promulgada pela mesa do Congresso até o dia 7 de outubro, um ano antes da data das eleições.

O texto já aprovado prevê também a chamada “cláusula de desempenho” mediante a qual os partidos só terão acesso aos recursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda no rádio e na TV se atingirem um número mínimo de votos para a Câmara dos Deputados em pelo menos 1/3 dos estados.

A “cláusula de desempenho” prevê que a partir de 2030 somente os partidos que obtiverem, no mínimo, 3% dos votos válidos para a Câmara Federal, distribuídos em pelo menos um terço dos estados, farão jus aos recursos do fundo partidárioe ao tempo de rádio e de TV.

A mudança, contudo, será gradual, começando pelo piso de 1,5% dos votos válidos e 9 deputados federais em 2018, 2% e 11 deputados em 2022, 2,5% e 13 deputados em 2026 e 3% e 15 deputados em 2030.

0

PM de Pernambuco ganha reforço de 1.500 novos policiais

A partir desta sexta-feira (21), foram incorporados à Polícia Militar de Pernambuco 1.500 novos policiais para reforçar o policiamento ostensivo e a luta contra a criminalidade.

A solenidade de conclusão do Curso de Formação e Habilitação de Praças ocorreu no Quartel do Derby, no Recife, sede do comando-geral da PM.

O governador Paulo Câmara esteve presente ao evento, que foi também prestigiado pelo alto comando da PM, o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, e diversos políticos da base governista.

Segundo o governador, a partir da próxima segunda-feira terá início uma nova turma com mais 1.300 alunos e, em outubro, mais de mil policiais civis e da Polícia Científica serão incorporados à Secretaria de Defesa Social.

Com uma carga de 1.106 horas/aula, o Curso de Formação e Habilitação de Praças teve início em janeiro e foi ministrado no Campus de Ensino Metropolitano I da Academia Integrada de Defesa Social (Acides).

Além do trabalho prático, os alunos receberam aulas de policiamento ostensivo, abordagem, inteligência de segurança pública e defesa pessoal, gerenciamento de crises, resolução de problemas, direitos humanos, ética, cidadania e relações interpessoais.

“Todo o Estado irá receber uma parte desse efetivo para aumentar a segurança de cada município. O que a população espera é respostas mais rápidas para as questões de segurança e é esse o nosso compromisso”, disse o secretário Antônio de Pádua.

Para oferecer melhores condições de trabalho a esses profissionais, foram entregues à SDS 83 novas viaturas, sendo 75 para a PM, cinco para o Corpo de Bombeiros e três para a Polícia Civil.

Este foi o terceiro curso de Formação de Soldados e Praças realizado na gestão de Paulo Câmara, elevando para 2.702 o total de homens incorporados à PM.

0

Fernando Bezerra diz que Temer está colocando o Brasil “nos trilhos”

Apesar de o presidente Michel Temer ter aparecido na última pesquisa do MDA/CNT com menos 4% de avaliação positiva, o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE) não tem nenhum receio de defendê-lo.

Em discurso, ontem, no Senado ele disse que o presidente da República “está recolocando o Brasil na trajetória do crescimento”, com índices de inflação e juros decrescentes, aumento da produção de grãos, leilões de petróleo e gás, e concessões de portos, aeroportos e rodovias.

“Com essa travessia que estamos fazendo, apesar de todas as dificuldades – crise econômica, política, ética – apesar disso tudo e com o esforço do Congresso Nacional, aprovando uma agenda correta e necessária para o momento em que o país vive, o Brasil começa a respirar, a se animar, a resgatar a sua confiança”, disse o senador pernambucano.

Segundo ele, “o país começa a investir para que possamos ter a volta do emprego, que é tão reclamada por todos os brasileiros, de norte a sul e de leste a oeste”.

Fernando Bezerra trava uma “guerra” em Pernambuco com o deputado Jarbas Vasconcelos pelo controle do PMDB. Jarbas, que era aliado do presidente Michel Temer, votou a favor de que o presidente fosse investigado por corrupção passiva e por isso caiu em desgraça perante o Palácio do Planalto.

Com isso, o senador passou a ser aliado do governo em Pernambuco ao lado dos ministros Mendonça Filho (DEM), Bruno Araújo (PSDB), Fernando Filho (PSB) e Raul Jungmann (PPS). Isso o deixa muito à vontade para propagar os avanços obtidos pelo governo até agora no Congresso Nacional.

“Aprovamos o teto para os gastos públicos, a flexibilização das leis do trabalho e a nova Taxa de Juros de Longo Prazo”, disse ele, acrescentando que é preciso “ter diretriz política e agenda política corretas para podermos avançar e colher os frutos que o Brasil já começa a perceber”.

E concluiu: “Isso é bom porque nas eleições gerais do ano que vem nós vamos ter uma eleição menos radicalizada, uma eleição mais aberta ao debate sobre quais os caminhos que o Brasil quer percorrer, sobre que país nós queremos construir, sobre qual o papel da iniciativa privada. Esse vai ser um grande debate”.

0

STJ cassa liminar que havia suspendeu leilão de usinas da Cemig

Eis aí uma péssima notícia para os membros da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf que é coordenada na Câmara Federal pelo deputado pernambucano Danilo Cabral (PSB).

A presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministra Laurita Vaz, cassou nesta quarta-feira (20) uma liminar expedida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região que impedia a realização do leilão de quatro usinas operadas pela Cemig (Centrais Elétricas de Minas Gerais).

O leilão das usinas Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande está marcado para o próximo dia 27. As concessões serão encerradas este ano, mas os contratos em vigor estabelecem renovação automática.

O TRF da 1ª Região, que tem sua sede no Rio de Janeiro, suspendeu o leilão por meio de liminar concedida em Ação Popular segundo a qual, ao fixar um lance mínimo de R$ 11 bilhões para a venda das usinas, a Eletrobrás ignorou a indenização devida à Cemig e desvalorizou o patrimônio federal, que estaria deixando de computar o montante de R$ 18 bilhões aos ativos das usinas, optando por entregá-los por R$ 7 bilhões a menos.

A União entrou com pedido de cassação de liminar no STJ e a ministra Laurita Vaz deferiu o pleito alegando que não se verificou nenhuma ilegalidade nos procedimentos do leilão.

“Vale ressaltar a preocupação maior com a suspensão do referido leilão, no tocante à própria capacidade da Cemig em gerar, transmitir e distribuir energia elétrica, tendo em vista que é notório o encerramento do contrato em questão. Assim, mais uma vez se verifica a lesão à ordem pública (vertente administrativa), ocorrida com a decisão impugnada, na medida em que os atos administrativos – no caso, o leilão designado para o próximo dia 27 de setembro – gozam de presunção de legalidade e legitimidade, devendo prevalecer no interesse da coletividade”, diz o despacho da ministra.

Ela alegou também que os valores decorrentes do leilão já foram computados como receita prevista para 2017 e que a manutenção da liminar acarretaria prejuízo ao “urgente e necessário” aumento da arrecadação, podendo comprometer o ajuste das contas públicas.

0

Bruno Araújo assina portaria regulamentando o “Cartão Reforma”

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, assinou portaria nesta quarta-feira (20) que regulamenta o programa “Cartão Reforma” que deveria ter sido lançado em Caruaru pelo presidente Michel Temer, mas teve que ser adiado duas vezes devido a problema de agenda.

O programa beneficiará famílias com renda máxima de R$ 2.811. Ele terá R$ 500 milhões para investimentos e priorizará em sua primeira fase municípios de Pernambuco, Rio Grande do Sul, Alagoas e Santa Catarina afetados pelas chuvas.

Para que as famílias possam participar do programa é necessário que seu município esteja habilitado pelo governo federal. A previsão é que, em um mês, essas primeiras regiões possam fazer o cadastro no sistema e, em 45 dias, o registro seja ampliado às prefeituras de todo o país.

Em seguida será feita uma licitação para contratação de arquitetos e engenheiros interessados em prestar assistência técnica às famílias necessitadas.

O “Cartão Reforma” passou por uma etapa-piloto em Caruaru e foi baseado num projeto semelhante, o “Cheque Moradia”, desenvolvido no Estado de Goiás, cujo governador, Marcone Perillo, é do mesmo partido do ministro: PSDB.

O beneficiário poderá fazer uso do dinheiro, a fundo perdido, para reforma e ampliação do imóvel em que reside. Os valores foram estipulados em julho deste ano e variam conforme a natureza da obra e a composição da família.

Mulheres que sustentam o lar, por exemplo, famílias com idosos e deficientes físicos terão preferência na seleção. Famílias com mais de três moradores por quarto poderão receber até R$ 8.048,18.

Famílias selecionadas poderão adquirir o material de construção em lojas associadas ao programa e terão a reforma acompanhada por fiscais.