0

Violência em Caruaru na pauta da prefeita e do líder da Oposição

O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, esteve em Caruaru nesta quinta-feira (23) para uma troca de opiniões com a prefeita Raquel Lyra (PSDB) sobre o triplo homicídio ocorrido na zona rural do município na última segunda-feira.

“Conversamos sobre a violência que vem assustando o povo de Caruaru e as providências que devem ser tomadas para diminuir esse quadro na cidade. Venho cobrando ao Governo do Estado medidas emergenciais, pois a sociedade não pode mais esperar”, disse a prefeita ao delegado.

Joselito Amaral garantiu à prefeita total empenho do Governo do Estado para tentar resolver a situação.

“Vim aqui representando o secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, para tratar da segurança pública em Caruaru. Este é apenas o início de uma relação institucional entre a Polícia Civil e o município”, declarou o chefe da Polícia Civil.

Por sua vez, o líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Silvio Costa Filho (PRB), propôs nesta quinta-feira (22), que o Governo do Estado realize um encontro com os prefeitos dos municípios do Agreste para discutir o aumento da criminalidade na região.

Segundo ele, dados da própria SDS revelam que entre 2014 e 2016 houve um crescimento de 64% nos números de homicídios só em Caruaru, além de uma alta de 103% nos crimes contra o patrimônio.

“O 4º Batalhão da Polícia Militar, que atende 14 municípios do Agreste, além de Caruaru, está se mostrando insuficiente para combater o crescimento da violência na região. A instalação de mais um batalhão até o fim do ano é importante, mas não dá para ficar comemorando um anúncio como esse, enquanto o número de assassinatos já cresceu 24% só nos dois primeiros meses deste ano”, disse o líder da Oposição.

“A Prefeitura de Caruru tem adotado medidas para combater a criminalidade, mas o Governo do Estado precisa também fazer a sua parte, começando com um debate franco com os prefeitos da região e com toda a sociedade do Agreste de Pernambuco sobre o tema”, disse o deputado.

0

Caruaru terá Batalhão Integrado da Polícia Militar

O governador Paulo Câmara enviou à Assembleia Legislativa nesta terça-feira (21) um Projeto de Lei Complementar que cria na estrutura da PM o Batalhão Integrado Especializado de Caruaru.

Sua finalidade é reforçar as ações da Polícia Militar no município, onde os índices de criminalidade aumentaram consideravelmente no curso deste ano.

O novo Batalhão, segundo o Governo do Estado, vai atuar no patrulhamento rural e de trânsito nas rodovias estaduais que cortam Caruaru e municípios da região.

Um Batalhão exclusivo para a “capital do Agreste” foi defendido na última eleição municipal tanto pela prefeita eleita Raquel Lyra (PSDB) como pelo candidato derrotado Tony Gel (PMDB).

0

Maioria dos eleitores não sabe o que é “lista fechada”, diz a ministra Carmem Lúcia

A presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, resolveu neste final de semana entrar no debate sobre a reforma política.

Em entrevista à Rádio CBN, comandada pelo jornalista Jorge Bastos Moreno, a ministra reconheceu que o sistema eleitoral brasileiro “precisa mesmo ser repensado”, sendo necessário também esclarecer à população sobre o que significa a reforma política “porque a maioria dos eleitores brasileiros sequer sabe como é e quais são as consequências de se votar numa lista aberta ou numa lista fechada de candidatos”.

A lista fechada (o partido é quem escolhe os nomes dos candidatos) começou a ganhar corpo na semana passada após a divulgação da segunda “lista” de Rodrigo Janot em que ele pede ao STF para abrir inquérito contra 86 pessoas supostamente envolvidas na Operação Lava Jato.

Carmem Lúcia defendeu também a realização de um plebiscito para que o povo brasileiro, soberanamente, decida sobre a reforma política.

“Talvez (esta) seja a hora de a gente cumprir o artigo 14 da Constituição. Afinal, o artigo 1º da Constituição estabelece que o povo é soberano, o povo é que é o titular da soberania. Logo, é ele quem deve decidir em última instância. O artigo 14 prevê esses mecanismos (plebiscito e referendo). Talvez já tenha passado da hora de a gente começar a adotá-los para que o povo se manifeste”, disse a presidente do TSE.

Segundo ela, é preciso esclarecer a população como seria feita uma reforma política. “Vota-se em quem, vota-se como? Sistema de lista aberta ou de lista fechada importa em quê? Como vai acontecer (a votação por meio de listas) e quais são as consequências? Isso seria oferecido ao povo em referendo ou em plebiscito”, disse a presidente do STF.

0

Sociedade Teatral de Fazenda Nova será homenageada pela Assembleia Legislativa

Por proposição do deputado Diogo Moraes (PSB), a Assembleia Legislativa de Pernambuco concedeu à Sociedade Teatral de Fazenda Nova a Medalha Joaquim Nabuco, classe ouro, pelos seus 50 anos de atividades.

Além disso, a Alepe fará uma sessão solene em Fazenda Nova, dia 6 de abril próximo, para homenagear atores e atrizes que trabalham na montagem da “Paixão de Cristo”. A iniciativa foi da deputada Laura Gomes (PSB).

Em sua exposição de motivos, os dois deputados salientam a importância da “Paixão de Cristo” para a cultura e a economia de Pernambuco.

A peça é encenada todos os anos, na Semana Santa, no maior teatro ao ar livre do mundo. Ela conta a história dos últimos 40 dias de Jesus Cristo com a participação de 50 atores e 400 figurantes em nove palcos.

0

Armando quer agora a conclusão da Adutora do Agreste

O senador Armando Monteiro (PTB) elogiou nesta terça-feira (14) o governo Michel Temer pela conclusão do Eixo Leste da transposição do rio São Francisco, mas cobrou também o fim das “obras complementares”, entre elas a Adutora do Agreste que precisa de R$ 700 milhões para levar água do “velho Chico” a 68 localidades do interior de Pernambuco.

Ele disse que, ao lado dos outros dois senadores de Pernambuco e da bancada federal, estará “totalmente comprometido” com a cobrança da liberação dos recursos que tornem possível o término de adutoras, ramais e barragens que darão efetividade à transposição em nosso Estado.

Entre as “obras complementares” o petebista relacionou a Adutora do Moxotó, com três estações elevatórias; a Adutora do Agreste, que atenderá a mais de 2 milhões de habitantes em 68 municípios da região, e o Ramal do Agreste, que irá interligar o rio Ipojuca à Adutora do Agreste.

Armando Monteiro disse também que, mesmo sem querer “politizar” essa discussão, a transposição do rio São Francisco deve ser atribuída aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

Destacou, porém, que não se pode deixar de reconhecer que o presidente Michel Temer também teve importância para a conclusão da obra por não haver contingenciado as verbas para o projeto nos últimos 10 meses e por ter ampliado em 23% o volume dos repasses para o Eixo Leste, “garantindo a entrega dos trechos dentro do cronograma”.

0

Consórcio dos municípios do Agreste fará seminário nesta terça em Caruaru

Presidido pelo prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Édson Vieira (PSDB), o Consórcio Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (Coniape) promoverá nesta terça-feira (14) no auditório do Shopping Difusora, em Caruaru, a partir das 14h, uma série de palestras sobre a importância da unidade dos municípios em defesa dos interesses dos seus munícipes.
Um dos palestrantes será Viviane Macedo Garcia, especialista em Administração Pública e Gestão Urbana (PUC-MG) e consultora em gestão pública para municípios e consórcios públicos, e outro o administrador de empresas Ivan Duque de Paiva Filho.

Além dos dois, o evento terá representantes do próprio Coniape que é a advogada Diana Câmara.

Segundo ela, o seminário tem por finalidade aprofundar as discussões acerca do papel dos consórcios públicos nas administrações municipais.

“Diante do cenário macroeconômico de recessão, os consórcios surgiram como instrumento para a realização do planejamento e o desenvolvimento das regiões de forma coordenada, unindo forças dos municípios para maior eficiência da gestão e economia de gastos. O Coniape quer avaliar a experiência de outros consórcios, buscando o aprimoramento da gestão de seus processos internos, o conhecimento das possibilidades de um consórcio público e a ampliação dos serviços que podem ser oferecidos aos municípios”, afirmou Diana Câmara.

O Coniape foi criado em 2013 e reúne 18 municípios do Agreste pernambucano, a saber: Santa Cruz do Capibaribe, Surubim, Taquaritinga do Norte, São Joaquim do Monte, São Caetano, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Santa Maria do Cambucá, Vertente do Lério, Vertentes, Toritama, Frei Miguelinho, Casinhas, João Alfredo, Orobó, Jataúba, Bom Jardim e Riacho das Almas.

Pernambuco tem atualmente 11 consórcios intermunicipais, porém nenhum deles funciona satisfatoriamente. Em vez de fazerem compras em bloco, como recomenda o figurino, cada prefeito continua dono do seu nariz.

0

Câmara cobra recursos da União para concluir Adutora do Agreste

O governador Paulo Câmara cobrou hoje (8) ao ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, em Brasília, a liberação dos recursos para a conclusão da Adutora do Agreste, obra que está sendo tocada pelo Compesa com dinheiro do governo federal. O vice Raul Henry (PMDB) acompanhou a audiência.

“Conversei com o ministro sobre a necessidade de haver uma atenção especial da União para com a Adutora do Agreste e o Sistema Adutor do Oeste. São obras fundamentais para o nosso Estado, principalmente porque estamos entrando no sexto ano consecutivo de seca”, disse Paulo Câmara.

Segundo ele, essas duas obras são essenciais para dar consequência real no Estado à transposição das águas do rio São Francisco. É o lucro que o Estado terá após “doar” águas para os Estados do Ceará e da Paraíba.

O Sistema Adutor do Oeste (na região do Araripe) foi iniciado mas, por falta de repasses de recursos do Governo Federal, está com obras paralisadas desde 2015. Há R$ 100 milhões no OGU para essa obra, mas são insuficientes para a sua conclusão.

Paulo Câmara e Raul Henry também solicitaram informações ao ministro sobre a Ferrovia Transnordestina, que está com obras paralisadas por determinação do TCU.

O Tribunal proibiu o repasse de recursos públicos para o projeto enquanto a empresa concessionária – a CSN – não prestar informações sobre o que foi concluído da obra e os seus custos até o momento.

0

Moradores de Agrestina protestam contra falta de segurança

Moradores do município de Agrestina, no Agreste pernambucano, fizeram um protesto nesta quarta-feira (1º) na BR-104 (que dá acesso a Caruaru) contra a falta de segurança no município.

A manifestação durou aproximadamente 60 minutos, o suficiente para complicar o trânsito no local. A Guarda Municipal interveio e pouco tempo depois o trânsito voltou à normalidade. Depois, a assessoria do prefeito Thiago Nunes (PMDB) divulgou a seguinte nota de esclarecimento:

Com relação ao protesto realizado  na manhã de hoje (1º) na BR 104, a Prefeitura de Agrestina informa que, sobre a falta de segurança no município, o governo municipal já tomou algumas medidas para sanar o problema. Entre elas, a implantação do monitoramento eletrônico, com câmeras de segurança espalhadas na cidade, e a criação da Guarda Municipal, que conta com veículo e batedores.

Foram realizadas ainda reuniões com o comandante da 4ª Companhia da Polícia Militar, com o presidente da Assembleia  Legislativa, deputado Guilherme Uchoa (PDT) e com o vice governador do Estado, Raul Henry (PMDB).

Além disso, vários ofícios foram encaminhados ao Governo do Estado  solicitando aumento do efetivo policial e de viaturas  para os municípios que estão na área de cobertura da 4ª Companhia de Polícia Militar que tem sede em Agrestina e que atende também a outros seis municípios.

Entre os ofícios, a solicitação de criação de uma Companhia independente para este município. A Prefeitura informa ainda que uma nova reunião com o comandante do 4° BPM, em Caruaru, já foi marcada para discutir medidas para melhorar a segurança no município. Assim como uma Audiência Pública também será realizada para discutir o assunto.

0

Escassez de água não tira o brilho do carnaval de Bezerros

Mesmo com água racionada em razão da seca braba que castiga o Agreste, Bezerros manteve a tradição e realizou este ano um dos maiores carnavais de sua história.

O ponto alto da festa foi o último domingo (26) com o desfile dos “Papangus” do qual participaram o governador Paulo Câmara e o prefeito Branquinho (PSB).

Segundo a assessoria do prefeito, “logo nas primeiras horas do dia já podíamos prevê a repetição do sucesso, pois muitos ônibus, vans e veículos particulares começaram a chegar à cidade para participar das festividades”.

Além disso, acrescentou, “muitos papangus já desfilavam pelas ruas e faziam a festa dos turistas, com centenas de barracas espalhadas pelo centro vendendo artigos carnavalescos e gastronômicos, peças de artesanato, bebidas e comidas típicas”.

Hotéis e pousadas lotaram no período de carnaval, especialmente os que ficam localizadas na Serra Negra onde a temperatura é mais agradável. E nos pólos de animação houve espaço para todos os ritmos, a exemplo do frevo, maracatu, axé, pagode e forró.

0

Ministro das Cidades recebe a prefeita de Caruaru

O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), recebeu em audiência na noite de ontem (22) a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), com quem tratou de diversos assuntos de interesse daquele município.

Constaram da pauta, dentre outros assuntos, a construção da “via parque”, a pavimentação de vias urbanas e o início programa “Cartão Reforma” que o presidente Michel Temer pretende lançar em Caruaru, segundo garantiu durante sua última visita a Pernambuco.

A prefeita disse após a audiência que a melhoria da qualidade das moradias, por meio do “Cartão Reforma”, será de extrema importância para a população de Caruaru “e será um privilégio que seja iniciado por nossa cidade”.

Ela conversou também com o ministro sobre a pavimentação da via de contorno do Alto do Moura, um dos pontos turísticos de Caruaru, para permitir o acesso ao habitacional do “Minha Casa, Minha Vida” sem passar pela via principal.

“Esta via de contorno atenderá ao 4º distrito do município e servirá também como um futuro acesso ao aeroporto Oscar Laranjeiras”, declarou a prefeita.

Quanto à “via parque”, obra de urbanização ao longo da linha férrea, que prevê a construção de novos passeios, ciclovia, paisagismo, iluminação e pólos de esporte e lazer, também foi apresentado ao ministro, que se colocou à disposição da prefeita para ajudar neste projeto.

O ministro é correligionário da prefeita e participou ativamente da campanha dela em 2016 à sucessão do prefeito José Queiroz (PDT), que também a apoiou no segundo turno.