A luta do Brasil novo contra o Brasil velho

Coluna Fogo Cruzado – 1º de fevereiro de 2019

Senado, Câmara Federal, Assembleia Legislativa e Câmara Municipal do Recife vão eleger nesta sexta-feira as suas novas mesas diretoras para o biênio 2019-2020. No Senado trava-se uma luta renhida entre o “Brasil novo” e o “Brasil velho”. Caberá ao MDB, como detentor da maior bancada, indicar o senador que irá presidi-lo e o partido indicou Renan Calheiros, representante do “Brasil velho”. A senadora Simone Tebet, que representaria o “Brasil novo”, foi derrotada dentro da bancada. Talvez Renan seja mesmo o melhor candidato para conduzir o Senado neste início de governo do presidente Jair Bolsonaro a fim de colocar-lhe um freio. Mas, devido aos inúmeros inquéritos em que é investigado no STF, ficou carimbado como representante do “Brasil velho” e não tem como livrar-se desse carimbo. Na Câmara Federal, Rodrigo Maia, também representante do “Brasil velho”, é favorito para permanecer na presidência, até porque todos os outros candidatos são piores do que ele. Para as bandas de cá, o sempre ponderado Eriberto Medeiros será candidato único à presidência da Assembleia Legislativa e a Casa fará muito bem em reelegê-lo. E, na Câmara Municipal do Recife, o vereador Eduardo Marques deverá ser reconduzido à presidência por mais dois anos porque fez por onde permanecer no cargo. É o “Brasil velho” impondo sua vontade porque o “Brasil novo”, pelo menos até agora, não se habilitou para fazê-lo, salvo na eleição para a escolha do novo presidente da República.

A garra de Petrolina

O senador Fernando Bezerra (MDB-PE) não brinca em serviço. Mal o governo Bolsonaro começou, pegou no braço do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, seu filho, e o levou à presença do presidente da CEF, Pedro Guimarães, para solicitar a liberação de um financiamento no valor de R$ 17,6 milhões para investir em mobilidade urbana.

A visita – Os “Coelho” deixaram acertada uma visita de Pedro Guimarães a Petrolina no próximo dia 23 de março. O presidente da CEF vai sair de lá empanturrado de bode assado e surubim na brasa e certamente decidido a liberar o pedido de empréstimo.

Moda Center – Depois do extraordinário movimento do final do ano, o Moda Centar de Santa Cruz do Capibaribe já está preparado para um novo período de mega vendas. Vem aí o carnaval e o que mais se vê o maior shopping popular do Brasil são fantasias para os festejos de momo.

O esquecido – O deputado federal Pastor Eurico (Patriota) disse a um “pool” de emissoras do Agreste que, pelo menos até agora, seu partido não recebeu o mínimo de atenção do governador Paulo Câmara. Ele esperava pelo menos um telefonema de agradecimento pelo apoio recebido.

A eleição – O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, foi eleito presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej) para o biênio 2019-2021. A eleição ocorreu ontem na sede do Ministério da Justiça, em Brasília.

A posse – Vão tomar posse hoje na Câmara Municipal do Recife quatro novos vereadores – João da Costa (PT), Goretti Queiroz (PSC), Samuel Salazar (PRTB) e Wilton Brito (PP). Eles irão substituir, respectivamente, Marília Arraes, Wanderson Florêncio, Marco Aurélio Medeiros e Romero Albuquerque,

A ausência – Internado em São Paulo para tratar-se de uma depressão profunda, o deputado Diogo Moraes (PSB) não estará hoje na Assembleia Legislativa para tomar posse. O pai, o ex-deputado Oséas Moraes, encontra-se ao lado do filho.

A visita – O governador Paulo Câmara fez ontem uma visita protocolar ao TCE de onde é auditor concursado. Foi recebido pelos conselheiros Marcos Loreto (presidente), João Campos (corregedor), Carlos Porto, Teresa Duere, Valdecir Pascoal e Ranilson Ramos.