0

Alberto Yousseff diz à “Veja” que Pedro Corrêa não merece estar preso

Em entrevista à revista “Veja” desta semana, o doleiro Alberto Yousseff – o primeiro dos envolvidos na Operação Lava Jato a fazer delação premiada – fala sobre sua convivência na prisão, em Curitiba, com vários réus condenados pelo juiz Sérgio Moro, entre eles o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa Neto (PP), que se encontra no Recife em prisão domiciliar.

Perguntado sobre se alguém preso injustamente, Yousseff respondeu: “Não é porque eou amigo do Pedro Corrêa, mas para que prendê-lo? Ele tem diabetes, insuficiência renal, tudo que é doença que você possa imaginar. Le toma 45 comprimidos por dia. Você tem que estar cuidando dele 24 horas”.

Em outro trecho da entrevista, o ex-doleiro diz o seguinte: “Eu digo sempre que há dois caras que não roubaram ali (no esquema de propina da Petrobras). Um sou eu. O outro é o Vaccari. No esquema da Petrobras, eu, como operador, tirei minha comissão e mandei o dinheiro roubado para quem devia. O João Vaccari neto fez a mesma coisa. O dinheiro roubado entrava e ele mandava para o PT. Não ficou com um centavo para ele”.

0

Senador Humberto Costa critica os cortes de Michel Temer

O senador Humberto Costa (PT) declarou no Recife, nesta segunda-feira (31), que há um “risco iminente de paralisação de vários serviços essenciais” por causa dos cortes nas despesas públicas que foi determinado pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Com um déficit primário de R$ 139 bilhões, disse ele, a gestão peemedebista tem tido dificuldades para cumprir a meta fiscal deste ano e já anunciou novos cortes de R$ 45 bilhões. “Alguns serviços já estão sendo paralisados por falta de recursos e órgãos federais já estão com dificuldades para pagar contas como água, luz, limpeza e segurança”, disse o senador pernambucano.

“Quando foi dado o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, falaram que fariam um governo de salvação nacional. Mas a verdade é que estavam interessados em salvar apenas a própria pele. Falta dinheiro para absolutamente tudo neste país, menos para comprar os votos de parlamentares no Congresso Nacional”, acrescentou.

Segundo ele, “só para os ministros tucanos, sócios deste desgoverno, foram liberados R$ 19,2 milhões em emendas empenhadas entre junho e julho. Mas dinheiro para pagar a conta de luz das universidades, não tem”, afirmou Humberto Costa.

Este ano, disse ele, as universidades federais tiveram o orçamento reduzido em 11,4% em relação a 2016. E para piorar a situação, dos R$ 7 bilhões que seriam gastos no ensino superior, R$ 2,4 bilhões foram contingenciados. Algumas instituições já anunciaram que só têm recursos disponíveis para bancar as despesas básicas até agosto.

De acordo ainda com o senador, o ministro da Educação, Mendonça Filho, “também conhecido como ministro mãos de tesoura”, vai entrar para a história com uma “triste marca”.

“Nunca, em tão pouco tempo, se viu tamanha deterioração do ensino público deste País, com unidades ameaçando fechar por falta de recursos”, concluiu.

0

Deputado-cantor Sérgio Reis recebe 8,4 milhões em emendas, mas para o Hospital do Câncer de Barretos

O deputado-cantor Sérgio Reis (PRB-SP) admitiu em São Paulo neste final de semana ter sido beneficiado pelo governo Michel Temer com a liberação de emendas parlamentares no valor de R$ 8,4 milhões.

Negou, entretanto, que tenha feito qualquer tipo de acordo com o governo para que essas emendas fossem liberadas.

A oposição acusa o governo de estar fazendo “barganha” com os deputados da seguinte maneira: os que votarem pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer teriam suas emendas empenhadas e liberadas.

Por meio de nota à imprensa, Sérgio Reis garantiu que a liberação de suas emendas não tem qualquer relação com barganha e que se sente “muito feliz” por ter sido o campeão de liberação de recursos em 2017.

Ele repetiu por meio desta nota o que havia dito no Recife, em maio deste ano, quando se apresentou com o colega Renato Teixeira no Teatro do Shopping RioMar: que os recursos das sete emendas que apresentou ao OGU “serão 100% destinados à saúde, sendo a quase totalidade delas destinadas ao Hospital do Câncer de Barretos, às Santas Casas de Misericórdia e a outros hospitais e instituições de saúde do Estado de São Paulo”.

Sérgio Reis disse ainda no Recife que o Hospital de Barreto é mantido por ele e mais 46 intérpretes de músicas sertanejas e que sua despesa mensal é de aproximadamente R$ 5 milhões.

0

Temer vai exonerar temporariamente nesta terça-feira os ministros congressistas

O presidente Michel Temer deve exonerar temporariamente nesta terça-feira (1º) os ministros que têm mandato de deputado para que eles possam votar contra a denúncia do Ministério Público Federal para que ele seja processado por crime de corrupção passiva.

Entre os que serão exonerados estão três dos quatro de Pernambuco: Mendonça Filho (Educação), Fernando Filho (Ciência e Tecnologia) e Bruno Araújo (Cidades). A exceção é Raul Jungmann (Defesa), que chegou à Câmara Federal como suplente.

Segundo o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), “é muito provável que o presidente da República faça com que os ministros que têm mandato junto à Câmara dos Deputados possam estar presentes durante a votação”.

A declaração foi dada nesta segunda-feira (31), em Salvador, após assinatura do contrato de financiamento da segunda etapa das obras do BRT (Bus Rapid Transit), na capital baiana, que terá início a partir de 2018. Além de Imbassahy, estiveram presentes ao ato o prefeito ACM Neto (DEM) e o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB).

Segundo Imbassahy, a denúncia contra Michel Temer foi rejeitada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal por ser “frágil e vazia”.

“Resta agora às oposições, se tiverem quórum, que aparentemente não têm, modificar essa posição da CCJ. Então a nossa posição é de muita tranquilidade e de muita serenidade. O que interessa aos brasileiros é a estabilidade na política, a reconstrução da economia, a recuperação dos empregos e a renda das nossas famílias”, declarou Imbassahy.

Para o ministro Bruno Araújo, “o Brasil precisa fazer uma transição para a próxima eleição presidencial com estabilidade e serenidade. É o que uma parte do partido (PSDB), que defende isso, almeja”.

0

Ibope: 81% dos brasileiros querem que Temer seja investigado

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (31) uma pesquisa encomendada pela ONG Avaaz segundo a qual 81% dos brasileiros são a favor de que a Câmara Federal deve dar autorização ao STF para processar e julgar o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva.

Da bancada federal pernambucana, 12 deputados já anunciaram que irão votar pela abertura do processo, entre eles Jarbas Vasconcelos (PMDB), Daniel Coelho (PSDB), Danilo Cabral (PSB) e Sílvio Costa (Avante).

Segundo a pesquisa, apenas 14% dos entrevistados são contrários à abertura do processo e 5% não souberam ou preferiram não opinar sobre o assunto. O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 26 deste mês de julho.

No início de junho, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia contra o presidente da República por corrupção passiva. A denúncia já passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal e na próxima quarta-feira (2/8) será apreciada pelo plenário.

Para que ela seja aceita, são necessários os votos de 342 parlamentares, algo que a Oposição não tem.

0

Prefeito do Recife inaugura a 11ª Upinha

O prefeito Geraldo Júlio (PSB) inaugurou nesta segunda-feira (31) a 11ª Upinha do Recife, que vai atender às comunidades de Santa Luzia e Via Mangue, no bairro da Torre. Ela foi batizada com o nome de Emocy Krause, homenagem à mãe do ex-ministro Gustavo Krause, que residiu no bairro durante muitos anos.

Compareceram à solenidade o vice-prefeito Luciano Siqueira (PCdoB), que é médico, o secretário de Saúde Jailson Correia e o próprio Gustavo Krause.

O local, que possui 437 metros quadrados, recebeu investimento de R$ 1,3 milhão dos cofres da PCR e vai beneficiar cerca de 11 mil moradores da localidade, com 35 profissionais.

Esta foi a 11ª Upinha entregue pela Prefeitura do Recife desde 2013. Atuarão na unidade, que substitui a antiga USF, três equipes de saúde da família, cada uma com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

Além disso, a população será atendida por três equipes de saúde bucal, cada uma delas composta por um odontólogo e um auxiliar de saúde bucal. A expectativa é que mais de 11 mil pessoas sejam atendidas por mês.

A Upinha possui sete consultórios, sendo quatro para atendimentos clínicos, dois para exames e um para atendimento odontológico, com três conjuntos completo de equipamentos de saúde bucal.

A recepção tem capacidade para receber 45 pessoas sentadas. Há ainda salas de acolhimento, de vacinação, de procedimentos curativos e farmácia, sala de reunião, com capacidade para 50 pessoas, sala de esterilização, espaço para nebulização, além de área para funcionamento administrativo e trabalho dos agentes de saúde.

“Minha mãe teve uma história de atuação muito efetiva no acolhimento das pessoas na Torre e nos seus arredores. Quando eu assumi cargos públicos, ela era uma grande demandante para as causas desta localidade”, disse o ex-governador Gustavo Krause.

0

Segunda Câmara do TCE mantém Cautelar que suspende festa em São Lourenço da Mata

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas, em sessão extraordinária realizada nesta segunda-feira (31), referendou uma Medida Cautelar expedida monocraticamente na semana passada pelo conselheiro Dirceu Rodolfo, mantendo a suspensão da realização da festa do padroeiro de São Lourenço da Mata, que começaria nesta terça-feira (1º).

A Cautelar foi expedida após denúncia encaminhada à Ouvidoria do TCE segundo a qual a prefeitura gastaria cerca de R$ 4 milhões com este evento, apesar de o prefeito Bruno Pereira (PTB) ter decretado “situação de emergência” no município em janeiro deste ano.

Esse valor seria equivalente à folha salarial de dezembro do ano passado, que não foi paga pelo então prefeito Gino Albanez (PSB). O prefeito afirma que negociou com o sindicato para que ela seja paga em 10 parcelas.

O prefeito, porém, contesta o valor desses gastos dizendo que o orçamento da festa, incluindo infraestrutura e contratação de artistas, é inferior a R$ 1,5 milhão.

A programação da festa, divulgada no dia 13 de julho, previa a apresentação de artistas como Wesley Safadão, Luan Santana, Aviões do Forró e Dorgival , Dantas, dentre outros.

Dirceu Rodolfo explicou também que outro motivo que o levou a expedir a Cautelar foi o fato de a prefeitura não ter respondido aos ofícios do TCE solicitando informações sobre a gestão e não ter alimentado os módulos de Licitações e Contratos do Sagres (Sistema de Acompanhamento da Gestão de Recursos da Sociedade).

Após ser notificado, o prefeito encaminhou defesa ao Tribunal alegando que a suspensão do evento traria prejuízo à economia local e frustraria a população da cidade, que há 46 anos celebra tradicionalmente a festa do padroeiro.

O Ministério Público de Contas, representando na sessão pelo procurador Gustavo Massa, reiterou a importância de manter a Cautelar por uma questão de prioridade do município.

“Se estão sobrando recursos (para eventos), eles devem ser usados para pagar os servidores públicos que estão com salários atrasados. O gestor tem que se responsabilizar por isso”, disse ele.

O conselheiro Valdecir Pascoal, que preside a Segunda Câmara do TCE, votou pela manutenção da Cautela, seguindo a posição de Dirceu Rodolfo.

Durante a sessão, os conselheiros foram informados por auditores de que a prefeitura já teria montado o palco para realização da festa, descumprindo a Cautelar do conselheiro. Segundo Dirceu Rodolfo, tal fato será apurado por meio de uma auditoria especial.

0

A Câmara Federal precisa ouvir o Brasil

Por: * Sílvio Costa

O Brasil está diante de um momento histórico. A Câmara dos Deputados, hoje, está diante do espelho, indagando-se como quer ser vista pela história, e sob o olhar esperançoso e julgador dos brasileiros. Em 127 anos de República, pela primeira vez um presidente da República, no exercício do cargo, foi denunciado por corrupção passiva – denúncia com base em provas robustas e lícitas – e de forma inédita a Câmara dos Deputados irá votar a autorização para que seja investigado pela suprema corte do país, o STF.

A votação do pedido de investigação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer, marcada para este dia 2 de agosto, vai significar a restauração da independência e do poder constitucional da Câmara dos Deputados – a representação do povo brasileiro – ou a morte da sua credibilidade. Os 513 deputados, diante do espelho, indagam-se como querem passar para a história. A Câmara tem a oportunidade de retomar o diálogo com o Brasil. O povo brasileiro quer a saída e a investigação de Michel Temer.

Nós, parlamentares, temos o dever de permitir que as investigações sobre o presidente Temer sejam realizadas, a bem da integridade ética e moral da Presidência da República, um dos símbolos do País. Não é bom para o Parlamento Brasileiro impedir que Michel Temer seja investigado. O país não pode conviver, por mais 17 meses, sob o “sangramento” moral da dúvida, nem a Presidência pode ser maculada por uma ocupação do cargo que pode – no futuro – ser confirmada como amoral, imoral e ilegítima.

Os áudios e vídeos de flagrantes e delações que compõem as provas da denúncia da Procuradoria Geral da República são extremamente graves para permitir que a dúvida permaneça sobre a vida do país, estendendo e aprofundando uma crise política que já aflige, divide e radicaliza os brasileiros há dois anos. Mais que resguardar a autoridade e o poder exclusivo de permissão, a Câmara tem a oportunidade de mostrar aos brasileiros – os quais representa – que acima das composições políticas e ideológicas e das formulações de bancadas de governo e oposição está o seu compromisso com a Constituição e o país.

* Sílvio Costa é vice-líder da Oposição na Câmara Federal

0

Governador entrega 83 novas viaturas à Secretaria de Defesa Social

O governador Paulo Câmara entregou nesta segunda-feira (31) à Secretaria de Defesa Social 83 novas viaturas para atender às necessidades das Polícias Militar, Civil e Científica de Pernambuco.

Os veículos atenderão a 20 municípios da Zona da Mata, Agreste e Sertão, além dos 14 que integram a Região Metropolitana do Recife. A compra das novas viaturas está prevista no Plano Estadual de Segurança Pública de Pernambuco, que prevê um investimento de R$ R$ 290,8 milhões neste setor.

“As viaturas irão dar condições para que os policiais desenvolvam um trabalho melhor, com veículos novos e modernos. Nós estamos investindo também em motos. Ao longo deste ano irão chegar a 700 novas motocicletas, pois o trânsito na Região Metropolitana exige respostas mais rápidas para as ocorrências. Temos também uma expectativa positiva de que todo o interior de Pernambuco receba nova frota de veículos”, disse o governador.

Dos veículos entregues nesta segunda-feira, 10 são do modelo Hillux, que serão incorporados aos grupos táticos da Polícia Militar nas áreas das diretorias integradas do Interior I e II (DINTER I e II). Também foram entregues 16 veículos de modelo Spin para o policiamento ostensivo em geral, e 16 Hlilux 4×4 para as delegacias de Polícia Civil do Agreste e Sertão abrangidas pelas DINTER I e II.

Para o Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) foram destinados quatro modelos Amarok 4×2. Outras sete unidades do mesmo veículo atenderão às Polícias Militar e Civil em batalhões e delegacias.

Já os cinco veículos Citröen Aircross auxiliarão os trabalhos da Polícia Científica no Instituto de Criminalística, tendo sido estes adquiridos por meio de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Por outro lado, foram entregues 25 motocicletas de modelo XRE para a CIPMOTO/ROCAM do Recife e Região Metropolitana.

“Temos 1.500 novos PMs já na academia, que acabam (o curso) no final de agosto e irão para as ruas em setembro. Nós temos mais 1.300 PMs que vão entrar na academia em setembro, para, no início de 2018, irem às ruas. São 2.800 novos agentes. O concurso da Polícia Civil está se encerrando também no final do ano, então irão entrar mais 140 novos delegados, 600 agentes e quase 400 policiais da Polícia Científica”, disse Paulo Câmara.

0

Prefeito de Trindade recebe “alerta” do Tribunal de Contas

O prefeito do município de Trindade, Everton Costa (PSB), recebeu nesta segunda-feira (31) um “alerta de responsabilização” da conselheira Teresa Duere com relação aos gastos da prefeitura na “3ª Festa do Gesso”, que foi encerrada ontem (30). A conselheira é a relatora das contas do município do exercício financeiro de 2017.

Segundo ela, o prefeito poderá vir a responder, pessoalmente, perante o TCE, se os gastos efetuados com a festa comprometerem o equilíbrio das contas públicas.

Auditoria de Acompanhamento realizada pelo TCE naquele município do Sertão do Araripe constatou uma série de fatos que ensejaram a expedição do “Alerta”, tais como pendência em relação ao pagamento de servidores no montante de R$ 198.933,55; não recolhimento integral dos encargos previdenciários referente à parte patronal e ao Fundo Municipal de Saúde no valor de R$ 1.147.287,49, e não liquidação dos “restos a pagar” de 2016 no valor aproximado de R$ 3,4 milhões.

Além disso, de acordo com os auditores do Tribunal, houve frustração de receita no primeiro semestre deste ano em relação ao que foi previsto para o exercício. Segundo o Relatório Resumido de Execução Orçamentária, entraram nos cofres públicos nos primeiros quatro meses deste ano apenas 25% do valor previsto.

A conselheira diz no seu “Alerta” que a Prefeitura de Trindade acumula, só neste exercício, dívidas no valor de R$ 3,9 milhões (despesas processadas e não liquidadas), e apesar disto gastou R$ 779.708,45 com a “Festa do Gesso”, sendo R$ 558.108,45 com a infraestrutura do evento e R$ 221.600,00 com a contratação de artistas.

Teresa Duere lembra ainda no “Alerta” ofício enviado a todas as Prefeituras do Estado pelo Ministério Público de Contas recomendando aos prefeitos que se abstenham de efetuar gastos com eventos festivos se não estiverem em dia com suas despesas de pessoal.

A “3ª Festa do Gesso” realizou-se nos dias 28 e 29 deste mês de julho e suas principais atrações foram Alceu Valença, Jonas Esticado e a Banda Limão com Mel.

A propósito da Festa, o prefeito recebeu a seguinte mensagem do deputado estadual Ricardo Costa (PMDB). “Amigo querido, parabenizo-o e em seu nome toda a valorosa equipe da Prefeitura de Trindade pelo belíssimo evento realizado na Festa do Gesso. Um exemplo de organização, disciplina e zelo com o erário e o povo”.