0

Limoeiro cancela carnaval por causa da morte de neto de ex-prefeito

O prefeito de Limoeiro, João Luís Filho (PSB), o “Joãozinho”, decidiu cancelar a programação de carnaval desta terça-feira (28) por causa da morte do delegado de polícia Artur Correia de Oliveira Duarte, neto do ex-prefeito e ex-deputado estadual Arthur Correia de Oliveira (já falecido).

A vítima tinha 29 anos de idade e era lotada na delegacia de Euclides da Cunha (BA). O acidente que lhe tirou a vida aconteceu na rodovia BR-116, próximo ao município de Canudos.

Artur Duarte também era sobrinho do vereador José Higino, que por sua vez tem parentesco com os deputados Ricardo Teobaldo (PTN) e José Humberto Cavalcanti (PTB), ambos filhos da terra.

Quem iria se apresentar em Limoeiro nesta terça-feira era o cantor Claudionor Germano, maior intérprete no Brasil das músicas de Capiba. Na véspera apresentou-se lá a Orquestra do maestro Formiga (Ademir Araújo) com participação especial de Paulo Roberto Farias, “crooner” da Banda Pinga Fogo (Recife-PE).

0

Turistas reclamam do acesso a Porto de Galinhas

Milhares de turistas que passaram o Carnaval em Porto de Galinhas reclamaram do precário acesso ao local. Uns levaram cerca de 50 minutos para ir do Recife a Nossa Senhora do Ó (entrada da vila), e cerca de 1 hora e meia para fazer o restante do percurso (de menos de 10k).

Do Cabo de Santo Agostinho a Nossa Senhora do Ó (cerca de 30 km) pode-se viajar por uma rodovia “pedagiada” que se encontra em boas condições. Mas quando se chega a Nossa Senhora o trânsito trava por absoluta falta de policiamento.

O prefeito interino Irmão Ricardo (PTC) bem que poderia ter planejado melhor o acesso a Porto, que foi o local mais frequentado por turistas durante o carnaval que se encerrou nesta terça-feira.

Não havia um só PM ou um só guarda municipal controlando o trânsito na área. Se houvesse, fluiria com mais facilidade.

Além disso, não se viu um só PM nas ruas de Porto de Galinhas, em que pese a Secretaria de Defesa Social ter dito que disponibilizou 33 mil homens para fazer a segurança dos foliões neste carnaval.

0

Maia quer aprovar ainda em março o projeto de recuperação fiscal dos estados

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admite que a própria base governista oferecerá resistências ao projeto de recuperação fiscal dos estados e do Distrito Federal, já encaminhado ao Congresso pelo presidente Michel Temer, mas crê na sua aprovação ainda neste mês de março.

Muitos deputados não aceitam as contrapartidas exigidas dos Estados em troca da suspensão do pagamento das dívidas com a União.

De acordo com o projeto, que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, considera inegociável, para ter direito à suspensão do pagamento de sua dívida por três anos, prorrogáveis por mais três, os estados terão que aprovar uma lei autorizando a privatização de empresas dos setores financeiros, de energia e de saneamento, suspender concurso público, cancelar incentivos fiscais e elevar a contribuição previdenciária para no mínimo 14%

O projeto beneficiará basicamente os três estados que estão quebrados financeiramente: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

Para o governador Paulo Câmara, o governo deveria ter incluído no projeto algumas medidas de compensação para os estados que fizeram o “dever de casa” mas, em vez disso, decidiu privilegiar os que não fizeram o ajuste fiscal e foram à falência.

Rodrigo Maia crê que apesar da resistência dos próprios governistas o projeto será aprovado por larga margem tanto na Câmara como no Senado porque não há outro jeito de socorrer os estados em crise.

0

CNBB lança Campanha da Fraternidade nesta quarta-feira

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançará nesta quarta-feira de cinzas (1º de março), em Brasília, sua tradicional Campanha da Fraternidade, que este ano terá como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e a defesa da vida”.

O lançamento será feito na sede da entidade, com transmissão ao vivo pelas emissoras católicas a partir das 10h45.

De acordo com o secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a finalidade da Campanha deste ano é dar ênfase à diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho.

Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior.

A cerimônia de lançamento contará com as presenças do cardeal-arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Dom Sérgio da Rocha e do secretário de Articulação Institucional e Cidadania do Ministério do Meio Ambiente, Édson Duarte.

No Recife, a Campanha será lançada pelo arcebispo Dom Fernando Saburido.

0

Futuro de Eliseu Padilha está nas mãos de Michel Temer

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, submeteu-se a uma cirurgia de próstata em Porto Alegre, na última segunda-feira (27), mas a sua permanência no governo ainda é incerta.

O ministro foi acusado pelo advogado José Yunes de ter intermediado a doação de R$ 10 milhões da Odebrecht para campanhas de candidatos do PMDB em 2014 através do doleiro Lúcio Funaro.

O depoimento de Yunes, prestado à revista “Veja” desta semana, foi recebido com desconfiança por muita gente, que o considerou frágil e pouco consistente.

No entanto, foi mais um fator de desgaste para o presidente Michel Temer, que terá que decidir mais esta parada nesta quarta-feira de cinzas: manter ou não Padilha no governo.

Padilha é um dos principais auxiliares do presidente na área política e por isso só deixará o governo se sua permanência tornar-se insustentável.

0

Banda que puxou o “fora Temer” no Carnaval de Salvador não será punida

A banda BaianaSystem que puxou o coro “Fora Temer” no carnaval de Salvador na última sexta-feira (24) não será punida pela prefeitura.

Foi o que garantiu logo em seguida o prefeito ACM Neto (DEM), que é aliado político do presidente da República. A seu ver, seria uma “bobagem” censurar a banda por ter feito críticas ao presidente da República porque o direito à livre manifestação é assegurado pela Constituição Federal.

Tudo começou quando o vocalista da banda, Russo Passapusso, interrompeu o show que iniciaria para bradar palavras de ordem tais como “fascistas e golpistas não passarão”.

Em seguida, entoou o bordão preferido pelos petistas – “Fora Temer” – e logo foi acompanhado por uma grande parte da multidão. O protesto teve grande repercussão nas redes sociais.

O Conselho Municipal do carnaval, cuja principal atribuição é fiscalizar a festa, disse que a banda estará fora da programação de 2018.

“Não é permitida manifestação política no carnaval de Salvador. Foi contra (o governo Temer), mas poderia também ter sido a favor. Quer fazer manifestação? Saia na Mudança do Garcia”, disse o presidente do Conselho, Pedro Costa, aludindo ao bloco que é conhecido por seus protestos.

Acrescentou que “foi um ato de politicagem e eles não foram pagos para isso. Embora tenhamos muito orgulho de tê-los conosco nesta realização, é inaceitável e vai haver punição, sim. São 700 atrações envolvidas. Se todos resolverem fazer isso, vira um palanque político”.

0

Geraldo Azevedo foi a principal atração do carnaval de Petrolina 

Filho da terra, o cantor Geraldo Azevedo foi a maior atração do carnaval de Petrolina, que este ano contou com dois pólos de animação: um no centro da cidade e outro na orla marítima.

Ao lado de Maciel Melo, que é sertanejo de Iguaracy mas morou em Petrolina durante muitos anos, Geraldo Azevedo abriu oficialmente o carnaval na noite do último sábado.

O evento atraiu cerca de 30 mil pessoas aos dois palcos que foram montados pela prefeitura. O prefeito Miguel Coelho (PSB) fez a abertura oficial do carnaval e em seguida entregou a “chave” da cidade ao rei Momo.

“Esta multidão que aqui comparece é a prova concreta de que nossa cidade estava carente de um grande carnaval. O petrolinense sempre foi um folião nato, mas faltava resgatar essa tradição. Mesmo com todas as dificuldades financeiras com que nos deparamos, foi possível, com a ajuda de toda nossa equipe, do Governo do Estado e dos nossos parceiros privados, realizar essa grande festa”, declarou o prefeito.

Segundo ele, não houve registro de incidentes nos dois primeiros dias do evento, “o que mostra o trabalho bem feito da Guarda Municipal e da Polícia Militar e, principalmente, a disposição de nossa gente em confraternizar na paz”.

0

Escassez de água não tira o brilho do carnaval de Bezerros

Mesmo com água racionada em razão da seca braba que castiga o Agreste, Bezerros manteve a tradição e realizou este ano um dos maiores carnavais de sua história.

O ponto alto da festa foi o último domingo (26) com o desfile dos “Papangus” do qual participaram o governador Paulo Câmara e o prefeito Branquinho (PSB).

Segundo a assessoria do prefeito, “logo nas primeiras horas do dia já podíamos prevê a repetição do sucesso, pois muitos ônibus, vans e veículos particulares começaram a chegar à cidade para participar das festividades”.

Além disso, acrescentou, “muitos papangus já desfilavam pelas ruas e faziam a festa dos turistas, com centenas de barracas espalhadas pelo centro vendendo artigos carnavalescos e gastronômicos, peças de artesanato, bebidas e comidas típicas”.

Hotéis e pousadas lotaram no período de carnaval, especialmente os que ficam localizadas na Serra Negra onde a temperatura é mais agradável. E nos pólos de animação houve espaço para todos os ritmos, a exemplo do frevo, maracatu, axé, pagode e forró.

0

Governador mantém a tradição e vai a Nazaré da Mata prestigiar o carnaval

Mantendo uma tradição iniciada pelo seu antecessor, Eduardo Campos, o governador Paulo Câmara esteve em Nazaré da Mata nesta segunda-feira (27) de carnaval para assistir ao encontro dos Maracatus de Baque Solto, uma das tradições culturais do município.

Em sua 18ª edição, a manifestação, que recebeu o título de “Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil” em 2014, contou com a apresentação de cerca de 30 grupos.

Um corredor montado na Praça Papa João XXIII, mais conhecida como a Praça da Catedral, serviu de passarela para as agremiações.

Na ocasião, o governador foi presenteado pelo prefeito Nino (PSDB) com uma gola de maracatu personalizada com a bandeira de Pernambuco.

De Nazaré o governador seguiu para Olinda, onde, ao lado dos prefeitos Lupércio (anfitrião) e Geraldo Júlio (Recife), assistiu na Casa da Rabeca à apresentação do grupo de Maracatu Piaba de Ouro.

Como tem feito desde o primeiro dia de carnaval, Paulo Câmara se reuniu, no início da manhã, com secretários de estado e os comandos das Polícias Militar e Civil para fazer uma avaliação do trabalho do Governo do Estado na área de segurança.

Segundo ele, “tudo está ocorrendo dentro do planejado. Nos pólos de folia, a segurança está sendo executada com eficiência e muita tranquilidade. Certamente, vamos continuar nesse ambiente de paz durante todo o Carnaval”, declarou.

0

Titãs e Jota Quest encerram a terceira noite de carnaval do Recife

As bandas Titãs e Jota Quest encerraram na madrugada desta terça-feira (28) a terceira noite de carnaval do Recife na Praça do Marco Zero, no centro da cidade.

O prefeito Geraldo Júlio (PSB) assistiu inicialmente aos shows de artistas locais, como Gustavo Travassos, Orquestra Contemporânea de Olinda e Lia de Itamaracá antes de seguir para o palanque oficial onde se apresentaram as duas maiores atrações.

Nesta terça-feira (28), fechando a programação do carnaval na capital pernambucana, vão se apresentar uma constelação de artistas pernambucanos e nordestinos tais como Elba Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Orquestra do maestro Duda, André Rio, Luciano Magno, Charles Theone e “Orquestrão do Frevo”, que vai arrastar milhares de foliões pelas ruas do Recife Antigo tal como nos anos anteriores.