0

Governo garante apoio à “CPI da CBF”

Após consulta ao Palácio do Planalto, o senador Humberto Costa (PT-PE) garantiu o apoio da bancada do seu partido à criação da “CPI da CBF” proposta pelo senador Romário (PSB-RJ).

O ex-jogador de futebol defende uma “investigação profunda” na Confederação Brasileira de Futebol e o seu alvo principal é o ex-presidente Ricardo Teixeira, a quem chama de “ladrão”.

Até a última sexta-feira, ele já havia conseguido 53 assinaturas para a instalação da CPI, da qual, afirma, gostaria de ser o relator.

“Nós apoiamos esta CPI na expectativa de que ela possa trazer mudanças positivas para o futebol brasileiro. O Congresso já fez outras CPIs da CBF, mas, diante do atual cenário, esta organizada agora pelo Senado tem todas as possibilidades de dar melhores resultados”, disse o senador pernambucano.

A ideia da criação da CPI ganhou força na última quarta-feira após a Polícia Federal dos EUA (FBI) ter prendido na Suíça dirigentes da Fifa acusados de participar de um esquema de corrupção que movimentou mais de US$ 150 milhões nos últimos 20 anos.

Um dos detidos é o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, que foi vice-governador (biônico) de Paulo Maluf (PP).

Enquanto isso, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) recusou convite do ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, para ser o relator da CPI (e é Mercadante que decide isto?).

Requião deu três razões para recusar o convite: não entende de futebol, não quer esquentar a cabeça com torcidas e, na condição de relator, “teria de mandar alguém de Curitiba para a cadeia”.

0

Geraldo Júlio só iniciará novas obras se o dinheiro estiver no caixa

Depois de receber críticas da oposição por ter atrasado a construção do Hospital da Mulher, a reforma do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão) e a inauguração dos Centros Comunitários da Paz (Compaz) dos bairros do Bongi e do Alto de Santa Terezinha, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), decidiu que só iniciará uma nova obra na cidade se o dinheiro estiver no caixa.

A afirmação foi feita pelo secretário de finanças, Ricardo Dantas, durante uma audiência pública na Câmara Municipal.

“Não vamos começar nada que esteja lastreado em operação de crédito externo. Se a fonte (dos recursos) seria um convênio ou uma transferência voluntária do governo federal, o projeto ficará suspenso. Vamos vincular as obras ao ingresso das receitas”, garantiu o secretário.

Segundo ele, apesar da crise fiscal que aflige o Estado, e
consequentemente o Recife, a prefeitura conseguiu investir R$ 95 milhões nos primeiros quatro meses deste ano.

Do ponto de vista do endividamento, disse o secretário, o Recife está numa posição confortável: deve apenas 10,22% de sua receita corrente líquida, quando, pela Lei de Responsabilidade Fiscal, poderia dever até 120%.

0

Líderes garantem que obras da transposição não sofreram cortes

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) e o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), voltaram a garantir neste final de semana que obras hídricas na região Nordeste ou que estejam em fase de conclusão (com mais de 70% executadas) não sofrerão cortes no seu orçamento por parte do governo federal.

A garantia foi dada pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nélson Barbosa, durante o anúncio do contingenciamento de R$ 69,9 bilhões no OGU de 2015.

Se esta promessa for cumprida, a transposição ficará livre de cortes. Mas serão afetadas diversas outras obras federais que estão em execução em Pernambuco, entre elas a duplicação da BR-104, a Ferrovia Transnordestina, as Adutoras do Agreste e do Pajeú e a barragem de Serro Azul.

0

PCdoB abre sua 10ª conferência nacional com a presença de Dilma Rousseff

A presidente Dilma Rousseff foi a presença mais ilustre na abertura da 10ª Conferência Nacional do PCdoB que ocorreu em São Paulo na última sexta-feira (29).

O ato, comandado pelo presidente Renato Rebelo, transformou-se numa manifestação de apoio aos atos promovidos naquele mesmo dia em várias capitais do país, incluindo Recife, contra o projeto de lei da terceirização (já aprovado na Câmara Federal) e as Medidas Provisórias do ajuste fiscal.

“Quero saudar os trabalhadores que hoje, em grandes manifestações, lutaram contra a terceirização”, disse a presidente Dilma Rousseff, silenciando, no entanto, sobre as MPs do ajuste fiscal, já aprovadas na Câmara e no Senado.

O Congresso marcou a despedida do presidente Renato Rebelo, que foi substituída neste domingo (1º) pela deputada federal Luciana Santos (PE).

Luciana milita no PCdoB desde os tempos de estudante e já foi deputada estadual, prefeita de Olinda (duas vezes) e secretária de Ciência e Tecnologia do governo Eduardo Campos. Atualmente, cumpre o segundo mandato na Câmara Federal.

0

Roberto Jefferson casa-se de novo com uma moça 15 anos mais jovem

O ex-deputado Roberto Jefferson, de 61 anos, presidente de honra do PTB, casou-se neste sábado (30) no Rio de Janeiro com a enfermeira Ana Lúcia Novas, que é 15 anos mais jovem do que ele (tem 46).

O casório foi realizado na cidade de Três Rios e teve a presença de cerca de 300 convidados, entre eles o ex-deputado e vice-presidente nacional do partido Benito Gama (BA).

Em que pese o PTB de Pernambuco ter um ministro de estado (Armando Monteiro), um senador (Douglas Cintra) e quatro deputados federais (Ricardo Teobaldo, Zeca Cavalcanti, Jorge Corte Real e Adalberto Cavalcanti), ninguém daqui recebeu convite.

Jefferson foi o delator do escândalo do mensalão em 2005 que culminou com a cassação dele e do ex-ministro José Dirceu (PT).

Para receber a noiva no altar, ele – que há muitos anos estuda canto – cantou as músicas “Fascinação” e “Dio come ti amo”. Depois, com os olhos cheios de lágrimas, confessou: “Ana sofreu ao meu lado as mais duras penas da minha vida. Nunca se lastimou, nunca se lamentou, nunca reclamou. Enfrentou com serenidade a CPI do Mensalão, a minha cassação na Câmara dos Deputados, o processo criminal, o tratamento do câncer, a minha condenação judicial e a minha prisão. Jamais se queixou, jamais blasfemou”.

0

Deputados vão ao STF contra a PEC da reforma política

Cerca de 60 deputados federais de seis partidos ajuizaram neste sábado (30) um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal pedindo a anulação da votação da “PEC da Reforma Política” (182/2007).

Os parlamentares alegam que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), descumpriu o Regimento Interno da Casa ao colocar em votação uma emenda aglutinativa a um projeto que já havia sido rejeitado pela maioria dos seus membros, admitindo que empresas possam fazer doações a partidos político e, pessoas físicas, a candidatos.

A petição é assinada por 36 deputados do PT, 8 do PPS, 6 do PSB, 6 do PCdoB, 4 do PSOL e 01 do PROS.

A articulação foi feita pelo deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que comparou a atitude de Cunha a um “golpe”.

O ministro relator desta matéria só deverá ser anunciado nesta segunda-feira (2).

0

Desencanto começa a tomar conta de figuras históricas do PT

Não foram apenas Frei Betto (MG) e a senadora Marta Suplicy (SP) que se desencantaram com os rumos do PT após o desastre econômico do segundo governo de Dilma Rousseff, que atirou o país na recessão no primeiro trimestre deste ano (o PIB caiu 0,2%).

Também se desencantaram figuras históricas do partido como o ex-senador Eduardo Suplicy (SP), os senadores Paulo Paim (RS), Wálter Pinheiro (BA) e Lindberg Farias (RJ) e os deputados federais Arlindo Chinaglia (SP) e Paulo Teixeira (SP).

Freire Betto confessou no Recife, na última sexta-feira, a sua frustração com os rumos do PT e Marta já se desligou do partido, e está a caminho do PSB, para disputar a prefeitura de São Paulo no próximo ano.

Frei Betto – que trabalhou no governo Lula na formulação do programa “Fome Zero” – deixou o governo no seu início e tornou-se um crítico do partido que ajudou a fundar nos anos 80.

O desencanto não teria chegado ainda à secção de Pernambuco. Mas o silêncio dos ex-prefeitos João Paulo e João da Costa e do ex-deputado Fernando Ferro pode ser um sintoma de que há um certa frustração no ar com o governo de Dilma Rousseff.

A “roupa suja” será lavada no próximo congresso nacional do partido, que será realizado em Salvador de 11 a 13 deste mês.

0

Deputados fiscalizam o Eixo Leste da transposição

Os deputados estaduais Miguel Coelho (PSB) e Rodrigo Novaes (PSD) visitaram na última sexta-feira (29) o Eixo Leste da transposição das águas do rio São Francisco. Eles fazem parte da Comissão de Acompanhamento das Obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A inspeção envolveu os municípios de Petrolândia, Ibimirim e Floresta e contou também com representantes do Ministério da Integração Nacional.

Apesar de a transposição estar com mais de quatro anos de atraso, os parlamentares saíram satisfeitos da visita.

Segundo dados repassados pela coordenação de engenharia da transposição, o projeto está 74% concluído e conta com 9.500 operários nas frentes de trabalho.

O Ministério garante que a obra ficará pronta em 2016, mas não se deve dar crédito a isto porque o prazo já foi marcado várias vezes e descumprido pelo governo federal.

Após o término da visita, o deputado Miguel Coelho disse o seguinte: “Apesar do ajuste fiscal e dos cortes no Orçamento deste ano, tivemos uma boa notícia: os recursos estão chegando dentro da normalidade, que foram investidos na obra (em 2014) R$ 1,3 bilhão e que este ano já foram liberados R$ 550 milhões”.

Prevista inicialmente para ser entregue em 2010, a transposição do Rio São Francisco deve levar água para 390 municípios de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A obra tinha um orçamento inicial de R$ 4,8 bilhões, mas por conta dos atrasos e revisões contratuais deverá custar aproximadamente R$ 8,2 bilhões.

0

Governador e prefeito abrem o São João de Caruaru

O governador Paulo Câmara (PSB) e o prefeito José Queiroz (PDT) abriram oficialmente neste sábado (30) o tradicional São João de Caruaru, considerado o maior do país. Calcula-se que 70 mil pessoas assistiram aos shows de abertura, entre eles de Nando Cordel, Elba Ramalho e da Banda Magníficos.

A programação se estenderá até o dia 29 de junho e homenageia na versão deste ano o ex-governador Eduardo Campos, o ceramista Manuel Eudócio e o músico Heleno dos Oito Baixos.

Após participares do corte da fita, dando os festejos por iniciados, o governador e o prefeito deslocaram-se para a Vila do Forró, local de apresentação das principais manifestações populares da região.

O ponto de encontro dos políticos foi a casa do vice-prefeito Jorge Gomes (PSB) que, ao lado da esposa – a secretária executiva de Direitos Humanos, Laura Gomes, recepcionaram o prefeito e a primeira dama Carminha Queiroz.

O deputado federal Wolney Queiroz (PDT), a deputada estadual Raquel Lyra (PSB) e os prefeitos de Paulista (Júnior Matuto) e de Riacho das Almas (Mário Mota) também estavam na casa do vice.

0

PDSB de Pernambuco acelera seu processo de interiorização

O vice-prefeito Guilherme Coelho (PSDB) comandou neste sábado (30) no Hotel Costa do Rio, em Petrolina, mais um encontro regional do partido visando à sua interiorização.

O PSDB é o maior partido de oposição do país, mas tem uma presença ainda tímida no Estado de Pernambuco.

Além do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, seus líderes mais expressivos são os deputados federais Bruno Araújo, Betinho Gomes e Daniel Coelho e os deputados estaduais Antonio Moraes e Claudiano Filho.

“Vemos aqui uma parcela da juventude atuante, preocupada com o futuro da nação”, declarou o vice de Petrolina que poderá ser convocado pelo partido para disputar a sucessão do prefeito Júlio Lossio (PMDB).

A reunião foi promovida pelo próprio Guilherme e o vereador Ronaldo Silva (PSDB) e teve a presença do presidente do partido em Caruaru, Raffiê Dellon e do ex-vice de Petrolina Domingos Sávio.