0

Feliciano é hostilizado em Jaboatão mas não deixará de vir a Pernambuco

1- O deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi hostilizado ontem à noite no distrito de Prazeres, em Jaboatão, antes de participar de um culto evangélico, mas não tá nem aí para os seus detratores.

2- Ele disse ao seu colega de bancada, Anderson Ferreira (PR-PE), que o trouxe a Pernambuco pela 15ª vez, que voltará ao Estado tantas vezes receber convite para “pregar a palavra de Deus”.

3- Gays e lésbicas que consideram o pastor um sujeito “homofóbico” e “racista” abriram uma faixa em frente ao trio elétrico em que o pastor fez a sua pregação com os seguintes dizeres: “Nos comungamos cm o amor. Amor de Cristo”.

4- Em seguida, iniciaram o que chamaram de “beijaço”: homem beijando homem e mulher beijando mulher.

5- Feliciano considerou aquilo um “desrespeito” não a ele, pessoalmente, que estava ali na condição de pastor, e sim às famílias que estavam no local para escutá-lo.

6- Mas, em coletiva de imprensa, disse encarar com naturalidade aquele ato insólito.

7- “Faz parte da democracia”, disse ele.

8- Embora tenha havido convite pelas redes sociais para constranger o pastor evangélico, menos de 20 pessoas compareceram ao local.

9- Alertada pelo deputado Anderson Ferreira, que também é evangélico, a Polícia Militar esteve no local para evitar tumulto.

10- “Eu tenho pena dessa moçada que amanhã vai se arrepender do que está fazendo hoje”, disse Feliciano.

É isso aí.