0

Puxão de orelhas nos demagogos

Coluna Fogo Cruzado – Folha de Pernambuco – 28 de novembro

O Senado aprovou anteontem a PEC que põe fim ao voto secreto para cassação de mandato parlamentar e apreciação de veto presidencial. A Casa certamente supõe que pode elevar o seu conceito na sociedade com esse tipo de comportamento. Mas esquece que o Congresso já é um poder fragilizado e se fragilizará ainda mais depois que a PEC entrar em vigor, pois nunca mais derrubará um veto do presidente da República. A postura anti-institucional só não foi pior ainda porque foi mantido o voto secreto para a chancela do nome de autoridades. Durante a sessão, os senadores Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e Randolfo Rodrigues (PSOL-AP) abriram uma faixa com os dizeres “Voto aberto”. E receberam a reprimenda merecida do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), que é a favor do voto aberto, mas só para a cassação de mandato: “Escondam essa faixa, demagogos e exibicionistas! E respeitem a instituição a que vocês pertencem”.

Líder do PSDB no Senado chama os líderes do PSB e do PSOL de demagogos e exibicionistas

É preciso mais leitura

Sérgio Xavier, secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade, estará hoje em SP com Marina e Eduardo Campos no lançamento da “plataforma digital” do PSB visando ao recebimento de sugestões de internautas para o futuro programa de governo do partido. Ele discorda da opinião do professor Renato Janine Ribeiro (USP), externada no Recife, 2ª passada, de que o Estatuto da Rede só fala em ecologia/sustentabilidade. E lhe recomendou fazer uma leitura mais apurada.

Alívio – O novo prefeito de Água Preta, Armando Souto (PDT), circulou ontem no Recife em companhia de Álvaro Porto (PTB), ex-prefeito de Canhotinho e futuro candidato a deputado estadual. Ele se diz “aliviado” pelo resultado das urnas porque conseguiu derrotar de uma só vez “o Governo do Estado e os prefeitos do Recife (Geraldo Júlio) e de Jaboatão (Elias Gomes)”.

Marcação – Dilma não virá a Pernambuco no próximo dia 2 para entregar retroescavadeiras a alguns prefeitos, mas está marcando a “prefeitada” corpo a corpo visando à eleição presidencial.

A volta – Após passar uma semana de férias no exterior, Tadeu Alencar (Casa Civil) já voltou ao trabalho e tem na cabeça os nomes dos prefeitos que gostariam de apoiá-lo pra governador.

Fracasso – O PPS vai decidir no voto se marchará com Aécio ou Eduardo Campos na eleição presidencial. A tese da candidatura própria, defendida pela secção de PE, não prosperou.

Blefe – Aécio Neves (foto) disse em Brasília, durante almoço com a bancada do SDD, que suas conversas com Eduardo Campos “são mais frequentes do se imagina”, mas é blefe. Os dois têm conversado muito pouco, até porque serão adversários no 1ª turno.

Pendências – Embora tenha voltado à prefeitura por ordem do TSE, o prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PMDB), ainda responde a duas ações no Tribunal Regional Eleitoral: uma contra a expedição de diploma e outra de impugnação de mandato eletivo.

Fosso – Estudo feito pela economista Tânia Bacelar mostra claramente que as grandes obras de infraestrutura de responsabilidade da União estão concentradas no Sul/Sudeste. E que as poucas que estão em andamento no Nordeste como a Transnordestina e a transposição do São Francisco estão com o cronograma atrasado e sem data prevista para conclusão. Te cuida, Dilma!

Sonho – O deputado federal José Augusto (PROS-PE) ainda considera possível o Congresso rejeitar o veto de Dilma à Lei Complementar que devolvia às Assembleias Legislativas a prerrogativa de criar novos municípios. Ele tem particular interesse na emancipação do distrito de São Domingos, que tem mais habitantes (22 mil) do que a sede (Brejo da Madre de Deus).