1

Não é crime reivindicar espaço de poder

Coluna Fogo Cruzado – Folha de Pernambuco – 31 de dezembro

Geraldo Júlio interpretou como “toma lá dá cá” a legítima aspiração de alguns partidos que o apoiaram de ocupar espaços em seu futuro governo, que terá início amanhã. Isso é normal nas democracias. Quem apoia o faz também na expectativa de compartilhar espaços de poder. Quem não dava satisfação aos partidos eram os prefeitos e governadores que foram nomeados pela ditadura. Mas num regime democrático isso é legítimo e corriqueiro. Collor ignorou essa regra e acabou sendo deposto.

Comecemos por Tancredo Neves, que inaugurou a “Nova República” em 1985, embora tenha morrido sem tomar posse. Deu ministérios a praticamente todos os partidos que o levaram à vitória no Colégio Eleitoral. Já Fernando Henrique cedeu vários ministérios ao PFL, um dos quais, Meio Ambiente, foi ocupado pelo pernambucano Gustavo Krause. E Dilma Rousseff, para garantir a governabilidade cedeu logo cinco ao PMDBque tem a maior bancada no Senado e a 2ª maior na Câmara. Até o governador Eduardo Campos, que foi reeleito com 84% dos votos válidos, seguiu esse mandamento democrático.

Compartilhou o poder com o PR (Secretaria de Turismo), o PCdoB (Ciência e Tecnologia), o PTB (Trabalho e Empreendedorismo), o PV (Meio Ambiente e Sustentabilidade), etc. Sem ser acusado de “toma “lá dá cá”. Se o prefeito eleito do Recife não tem esse mesmo pensamento, isso deve ser atribuído à sua pouca vivência com eleições e o chamado “jogo do poder”.

A extinção – O prefeito reeleito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), decidiu extinguir a Secretaria do Orçamento Participativo pela sua total inutilidade. Ela só servia para fabricar votos à turma abrigada no PT. E como ficou sem serventia, sua extinção não deixará saudade.

A filiação – O vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, já comunicou a Eduardo Campos que faz questão de abonar a ficha de filiação ao partido do vice-governador João Lyra Neto (PDT). O vice vai assumir o governo em abril do próximo ano já abrigado no PSB.

A cobrança – Diante do agravamento da seca em Pernambuco, avolumam-se as cobranças ao ministro Fernando Bezerra pela conclusão das obras de transposição do São Francisco. Se ela não for concluída até o final de 2014, vai sobrar desgaste para Dilma, para o governador Eduardo Campos que bancou a indicação do ministro, e para o próprio Fernando Bezerra.

Quem mentiu? – O ainda prefeito João da Costa (PT) disse em sua última coletiva de imprensa que está deixando “cerca de 4 bilhões em caixa para Geraldo Júlio (PSB) começar a gastar”. No mesmo dia, o prefeito eleito declarou que o Recife investe apenas 200 milhões de reais/ano e que a situação financeira do município é de total “aperto”. Um dos dois não falou a verdade.

A continuidade – Albérico Pacheco permanecerá na Secretaria de Turismo de Arcoverde por mais 4 anos a convite da prefeita eleita Madalena Brito (PTB). Ele dirigiu a pasta nos dois mandatos da prefeita Rosa Barros (1997-2004) e continuou com Zeca Cavalcanti (2005-2012).

Pela paz – Belo Jardim já não é a mesma de antigamente, pelo menos em termos políticos. O prefeito eleito João Mendonça (PDS) resolveu aproveitar o período natalino para fazer uma visita ao ex-prefeito Cintra Galvão (PTB), que foi adversário do seu tio, José Mendonça (DEM).

Muito prazer! – De férias em Pernambuco, o vice-governador de Roraima, Francisco de Assis Rodrigues, foi apresentado a Antonio João Dourado (PSB), ex-prefeito de Lajedo e futuro presidente da Empresa Pernambucana de Desenvolvimento Rural. Na conversa, descobriram algo em comum. O vice morou em Lajedo na década de 70 quando era agrônomo da Emater.

A posse – Já que perdeu a eleição em Serra Talhada, Inocêncio Oliveira (PR) decidiu prestigiar a posse do prefeito eleito de Bezerros, Severino Otávio Raposo Branquinho (PSB), marcada para amanhã às 16h. Ele derrotou a atual prefeita, Bete de Dael (PR), eleita em 2008 com apoio do próprio Inocêncio.

Feliz 2013 – A coluna agradece e retribui os votos de “Boas Festas” recebidos dos seus leitores de dezenas de municípios pernambucanos. Muitos externaram em suas mensagens preocupação com os rumos da economia, que praticamente não cresceu no ano que termina hoje. Mas sem perder a fé no Ano Novo.

Sem categoria
0

Yves e Fred Carrazone concluirão nesta segunda-feira o 6º mandato de prefeito

Yves Ribeiro (PSB) e Fred Carrazone (PSDB) estão concluindo nesta segunda-feira, dia 31 de dezembro, o sexto mandato de prefeito, caso raro não só em Pernambuco mas também no Brasil.

Yves foi prefeito, consecutivamente, duas vezes, dos municípios de Itapissuma e Igarassu e Paulista e ao concluir o mandato fez os sucessores que foram, respectivamente, Clóvis Cavalcanti (PDT), Severino Ninho (PSB) e Júnior Matuto (PSB).

A partir de terça-feira, ele dará início à sua campanha por uma vaga na Câmara Federal em 2014.

Já Fred Carrazone foi prefeito seis vezes do município de Itambé, que faz fronteira com o Estado da Paraíba.

Na última eleição ele apoiou um sobrinho, também chamado Fred Carrazone, mas ele foi derrotado por Bruno Ribeiro (PSB).

Sem categoria
0

Queiroz, Marquivodes e Labanca iniciarão nesta terça-feira o 4º mandato de prefeito

José Queiroz (PDT), Marquidoves Vieira (PSB) e Ettore Labanca (PSB) vão iniciar nesta terça-feira o quarto mandato de prefeito nas cidades de Caruaru, Lagoa do Ouro e São Lourenço da Mata, respectivamente.

Queiroz, que é o presidente regional do PDT, repetiu o mesmo vice de 2008, que é o ex-deputado estadual, federal e ex-vice-governador (de Miguel Arraes) Jorge Gomes (PSB).

Ele derrotou por larga margem a ex-deputada Miriam Lacerda (DEM) cujo principal cabo eleitoral foi o marido, o ex-prefeito e atual deputado estadual Tony Gel (DEM).

Depois deste mandato ele não pretende mais disputar eleições, devendo ser substituído no comando do grupo pelo filho Wôlney Queiroz (PDT), que é deputado federal pela quarta vez.

Essa também foi a última eleição de Ettore, que vai passar a chefia do grupo para o filho, Vinicius Labanca, atual deputado estadual pelo PSB.

Sem categoria
0

“Só quem tem lugar cativo no governo sou eu e o vice que fomos escolhidos pelo povo”, diz o prefeito eleito de Itapetim

Ao fazer o anúncio do seu secretariado neste final de semana, durante entrevista à Rádio Pedras Soltas, o prefeito eleito de Itapetim, Arquimedes Nunes (PSB) mandouo seguinte recado para os futuros auxiliares:

“Só quem tem lugar cativo no governo sou eu e o vice, que fomos escolhidos pelo povo”.

Os secretários, disse ele, vão ficar sob observação durante seis meses. Se mostrarem competência à frente das pastas, permanecerão nos seus lugares. Do contrário, serão imediatamente substituídos.

Arquimedes Nunes, que teve o apoio do ainda prefeito Adelmo Moura (PSB), derrotou o candidato do PMDB, Olavo Monsueto, por mais de 2 mil votos de vantagem.

Sem categoria
0

Vice de Júlio Lossio toma posse já pensando na Câmara em 2014

Júlio Lossio (PSB) e Guilherme Coelho (PSDB), eleitos prefeito e vice de Petrolina, respectivamente, vão tomar posse às 16h desta terça-feira no Centro Cultural Dom Bosco.

Guilherme será o único vice-prefeito do Estado que irá tomar posse já com os olhos voltados para a Câmara Federal em 2014.
Ele será candidato a deputado federal nas próximas eleições com o propósito de substituir o pai, Osvaldo Coelho, que foi deputado parlamentar durante 28 anos.

Para que Guilherme entrasse na chapa, Lóssio teve que “sacrificar” o atual vice, Domingos Sávio (PSDB), que não o apoio nas últimas eleições e sim o deputado Fernando Filho (PSB), que ficou em segundo lugar.

Sem categoria
0

“Rombo” na Previdência este ano ficará em torno de 50 bilhões

O ministro Garibaldi Alves Filho (PMDB) anunciou que o déficit na Previdência no mês de novembro foi de R$ 5,3 bilhões, elevando para R$ 48,5 bilhões o déficit acumulado nos primeiros 11 meses deste ano.

Em relação a novembro do ano passado, a situação piorou um pouco. O déficit em novembro de 2011 foi de R$ 4,5 bilhões.

Em novembro deste ano a Previdência arrecadou R$ 22, 4 bilhões (aumento de 3,2% em relação ao mesmo período de 2011) e pagou benefícios que totalizaram R$ 27,9 bilhões.Por causa da desoneração da folha salarial de alguns setores, a ela deixou de arrecadar de janeiro a novembro deste ano R$ 3,5 bilhões.

Sem categoria
0

Governo de Geraldo Júlio será ótimo ou bom para 64% dos recifenses, segundo pesquisa do Ipespe

De acordo com pesquisa do Ipespe divulgada com exclusividade pelo “Diario de Pernambuco”, 64% dos eleitores do Recife acham que o governo do prefeito eleito Geraldo Júlio (PSB) será ótimo ou bom.

Do total de pessoas entrevistadas, 13% responderam que ele fará um governo ótimo e 51% que fará um governo bom.

Um por cento está acreditando que ele fará um governo regular, igual percentual que fará um governo ruim ou péssimo, e 21% não quiseram ou não souberam responder.Já 58% dos entrevistados acham que ele fará um governo melhor do que João da Costa, 10% que fará um governo igual e apenas 1% que fará um governo pior.

Sem categoria
0

Fotógrafo presta homenagem a Jaboatão lançando um livro com o nome de “Moscouzinho”

O fotógrafo Gilvan Barreto Filho (ex-JC) acaba de lançar o livro “Moscouzinho” com fotografias de lugares abandonados ou esquecidos de Jaboatão dos Guararapes, sua terra natal.

O título é uma referência ao fato de Jaboatão ter elegido em 1947 o primeiro prefeito comunista do Brasil (o médico Manoel Calheiros, pai do jornalista Wladimir Calheiros e primo distante do prefeito reeleito de Olinda Renildo Calheiros), além de vários vereadores.

Por essa razão, a cidade ficou conhecida como “Moscouzinho”. O fotógrafo resgatou esse título como forma de prestar uma homenagem a seu pai, o ex-deputado estadual e ex-juiz do Tribunal Regional do Trabalho, Gilvan Barreto, já falecido, que militou no velho MDB contra a ditatura militar de 1964.

Sem categoria
0

Em seu último dia de mandato, Zeca Cavalcanti devolve a Arcoverde o tradicional Cine Rio Branco

O prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti (PTB), vai reinaugurar nesta segunda-feira, às 11h, o tradicional Cine Rio Branco, o mais antigo em funcionamento do Brasil e um dos principais cartões postais do município.

Para que a reforma ficasse pronta, operários tiveram que virar a noite trabalhando nos últimos dias que antecederam a data da reinauguração.

O velho cinema já havia passado por uma reforma em 1999 e agora ganha uma estrutura moderna com palco para shows, tablado e camarins para grupos musicais e teatrais.

Além disso, ganhou novas poltronas, lanchonete, jardins e será totalmente climatizado.

Os equipamentos de projeção são em formato digital para proporcionar aos cinéfilos imagens e qualidade de som absolutamente impecáveis.

Nesta terça-feira, o prefeito passará o cargo para sua correligionária Madalena Brito (PTB).

Sem categoria
0

Prefeito eleito, que já foi motorista, vai comandar um time de “doutores”

O prefeito eleito do Paulista, Júnior Matuto (PSB), anunciou neste final de semana os nomes dos seus futuros secretários.

Ele, que é de origem humilde, morador de um bairro popular (Maranguape II) e ex-motorista de caminhão, vai comandar uma “tropa de doutores” como se verá na relação abaixo:

Administração – Maria do Socorro Silva – Historiadora e pós-graduada em Metodologia da Aprendizagem pela UFRPE e acadêmica de Direito do Centro Universitário Maurício de Nassau.

Articulação Política – Fabiano Mendonça – Advogado, foi o coordenador político da campanha do prefeito eleito.
Assuntos Jurídicos – Francisco Padilha – Advogado, foi o coordenador jurídico da campanha.

Desenvolvimento Econômico – Rafael Siqueira – Administrador de Empresas pela UFPE, atuou nas gerências dos BancosCitibank, Santander e HSBC.

Desenvolvimento Social e da Mulher – Augusto Costa (PCdoB) – Foi vereador e vice-presidente da Câmara Municipal na última legislatura.

Educação – Waldeck Santos – Formado em Letras pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em Metodologia do Ensino pela Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso).

Finanças – Lúcio Genú – Contabilista com mestrado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas, professor universitário e auditor do TCE.

Habitação – Rebeca Lucena – Acadêmica de Direito da AESO – Faculdades Integradas Barros Melo.

Infraestrutura – Tiago Magalhães – Engenheiro Civil formado pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

Planejamento e Gestão – Joaquim Melo – Administrador de Empresas formado pela Faculdade Olindense de Ciências Contábeis e Administrativas, com MBA em Gestão Empresarial pela UFPE.

Saúde – Alberto Lima – Médico Veterinário formado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), mestre em Saúde Pública e especialista em Vigilância Sanitária.

Segurança Cidadã – Manoel Alencar – Psicólogo formado pela Faculdade de Ciências Humanas de Olinda, pós-graduado em Psicologia Social pela Universidade Católica de Pernambuco e acadêmico de Direito da Faculdade Joaquim Nabuco. Foi vereador pelo PSB e ex-secretário municipal de Governo.

Serviços Públicos – Evanil Belém – Bacharel em Direito, é vereador pelo PSB e presidiu a Comissão de Finanças e Orçamento na última legislatura.

Transporte e Mobilidade – Almir Buonora – Administrador de Empresas formado pela Faculdade Olindense de Ciências Contábeis e Administrativas, com MBA em Gestão Empresarial pela Faculdade Maurício de Nassau. Foi diretor de Finanças e Planejamento, e de Trânsito e Transportes, da Prefeitura de Abreu e Lima.

Turismo, Cultura, Desporto e Juventude – Felipe Andrade (Felipe do Veneza) –Ex-administrador do Amoaras Resort, atualmente administra o Veneza Water Park.

Urbanismo e Meio Ambiente – João de Deus – Formado em Engenharia Cartográfica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi secretário de Viação e Obras da Prefeitura do Paulista e professor do Colégio Municipal.

Sem categoria