0

Ramal extra

Semana passada, durante audiência com o presidente Lula, em Brasília, o deputado Gonzaga Patriota (PSB) lhe fez um apelo para mandar verificar a viabilidade de a ferrovia Transnordestina contemplar mais um ramal ligando Petrolina a Parnamirim, no Sertão central.

É compreensível o esforço do parlamentar em defesa do povo daquela região.

Mas esse é o tipo de pedido cuja possibilidade de aprovação é zero.

A Transnordestina é a obra federal mais antiga do Brasil. E se Pernambuco tiver a sorte de ela sair do papel no atual governo, obedecendo ao projeto que está desenhado, já pode se dar por satisfeito.

0

Casal 20

Sempre acompanhada pelo marido, Dael, a prefeita de Bezerros, Bete Lima (PR), foi um dos convidados do prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT), para a abertura oficial dos festejos juninos deste município na noite do último sábado (dia 30/05).

0

Conhecimento zero

Durante sua recente visita a Caruaru, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) teve oportunidade de ouvir explicações do deputado Armando Monteiro Neto (PTB) e outros políticos pernambucanos sobre a pujança econômica do “pólo de confecções” do Agreste.

Para surpresa de todos, ela nunca tinha ouvido falar na produção de “jeans” em Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru e ficou de obter mais informações com o ministro José Múcio a fim de municiar a sua campanha presidencial.

Desse “pólo de confecções” sai cerca de 70% de toda produção de “jeans” que é consumida no Brasil.

0

Choque de interesses

O prefeito José Queiroz (PDT) e o vice-governador João Lyra Neto (PDT) ainda não sentaram à mesa para conversar sobre o candidato que representará o grupo, na Assembleia Legislativa, a partir de fevereiro de 2011.

O prefeito tem um candidato e o vice tem outro. O de Queiroz é o empresário Douglas Cintra (PTB), seu secretário de Desenvolvimento Econômico. E, o do vice-governador, sua filha, Raquel, procuradora do Estado.

Queiroz defende um candidato único, dado que a oposição tem um deputado (Miriam Lacerda, do DEM) cuja reeleição é pule de dez.

Embora tenha vencido a eleição por quase 50 mil votos de vantagem, ele acha que um candidato de unidade dá mais tranquilidade a seu grupo político.

0

Desfile de políticos

Circularam pelo pátio do forró o prefeito do Recife João da Costa (PE) e seu antecessor João Paulo, o vice-governador João Lyra Neto (ainda não totalmente recuperado da paralisia facial de que foi acometido há cerca de três meses), o secretário das cidades Humberto Costa, os deputados federais Armando Monteiro Neto (PTB), Paulo Rubem (PDT), Fernando Ferro (PT) e Eduardo da Fonte (PP) e o deputado estadual João Fernando Coutinho (PSB).

De todos, porém, o único que se misturou com o povo, no pátio, foi João Paulo.

1

Dilma viu o povo mas o povo não viu Dilma

Aguardada com grande expectativa, em Caruaru, para a abertura dos festejos juninos do município, na noite deste sábado, dia 30 de maio, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, teve lucro zero sob o ponto de vista eleitoral.

Se o objetivo de sua visita era “mostrar a cara” aos caruaruenses, vez que se encontra em pré-campanha para presidente da República, isso simplesmente não ocorreu.

Ela chegou ao Recife no início da noite deste sábado e após uma breve passagem pelo hotel (em Boa Viagem) seguiu com o governador Eduardo Campos e o ministro José Múcio direto para Caruaru, onde foi recepcionada com um jantar na casa do deputado Wolney Queiroz (PDT), filho do prefeito José Queiroz.

Poucos convidados participaram deste jantar. A ministra provou alguns pratos de comidas típicas e, ao som de um trio pé de serra, ensaiou os passos do forró com o colega José Múcio, certamente para ser fotografada e aparecer nos jornais desta segunda-feira. Entretanto, a entrevista que deu foi muito fraca, sob o ponto de vista político-eleitoral, com receio, talvez, de ser acusada pela posição de estar fazendo campanha antecipada. Nada de novo foi dito por ela.

Da casa de Wolney, ela seguiu direto para o pátio de eventos Luiz Gonzaga (pátio do forró) onde já estavam presentes cerca de 50 mil pessoas, que só souberam que a ministra estava no local porque um locutor citou seu nome, o do governador, o do prefeito e dos outros ministros que a acompanhavam.

Ela não foi a um dos dois palcos da festa, como se esperava, para abrir oficialmente o ciclo junino com o prefeito José Queiroz e o governador Eduardo Campos. Ficou reclusa no camarote do Governo do Estado, bem longe do povo, que não a viu sequer de longe porque ele ficava localizado no terceiro andar.

Ela viu a multidão no pátio mas a multidão não pôde vê-la, de onde se conclui que se o objetivo da visita era tornar seu rosto mais conhecidos pelos pernambucanos, o apurado foi zero. Até porque ela se demorou menos de uma hora no camarote oficial.

0

Candidato à reeleição

Com já era esperado, o deputado federal Fernando Bezerra Filho (PSB) disse ao blog na manhã deste domingo que é candidato à reeleição e não a deputado estadual como se ventilou aqui neste espaço, a fim de ceder a cadeira ao pai, que é secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado.

Suas palavras: “Todo mundo em Pernambuco sabe que é prioridade zero do secretário Fernando Bezerra Coelho é lutar pela reeleição do governador Eduardo Campos. Agora, ele nunca escondeu do governador nem de Pernambuco a vontade de disputar um cargo majoritário. Como o governador tem afirmando que só trata de eleição no próximo ano, ele só vai falar sobre isso na hora oportuna. O candidato a federal do grupo sou eu e deverei ser votado em aproximadamente 50 municípios pernambucanos”.

1

Dois ex-jarbistas

Além dos principais políticos da Frente Popular, estavam no jantar oferecido à ministra Dilma por Wolney Queiroz (PDT) os deputados Cadoca (PSC) e Edgar Moury Fernandes (PMDB).

Ambos já foram carne unha com o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), mas hoje sequer o cumprimentam.

Em fevereiro, Edgar convidou o governador para participar de um evento carnavalesco que organiza todos os anos e ele fez questão de comparecer com a primeira dama Renata Campos.

Foi a primeira sinalização, concreta, de que lado o deputado deverá estar na sucessão do próximo ano, junto com o amigo Cadoca.

1

Abraço afetuoso

No camarote do Governo do Estado, em Caruaru, a ministra Dilma deu um abraço afetuoso no ex-presidente da Câmara Federal e atual prefeito de João Alfredo, Severino Cavalcanti (PP), um dos convidados do prefeito José Queiroz (PDT).

Severino estava acompanhado pelo filho, José Maurício, atual superintendente regional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e futuro candidato a deputado estadual.

O candidato natural da família era Ana Cavalcanti mas ela externou o desejo ao pai de permanecer na equipe do governador Eduardo Campos: presidente do IRH (Instituto de Recursos Humanos).

1

Versão incorreta

Em entrevista à revista “Isto É” que está nas bancas, o ex-ministro José Dirceu fez uma afirmação incorreta sobre o percentual de intenção de votos da ministra Dilma Roussef em Pernambuco.

Pergunta da revista: “O senhor acredita na transferência de votos do presidente Lula?”

José Dirceu: – Acredito. Já está acontecendo. Dilma está na frente do Serra em Pernambuco, se bem que Pernambuco é um caso à parte. Lá o Lula estava com mais de 90% de aprovação. E no Rio Grande do Sul ela também já passou o Serra.

As três afirmações estão incorretas. O primeiro colocado em Pernambuco e no Rio Grande do Sul é Serra, conforme pesquisa do Ibope feita no país inteiro por encomenda do PSB. E o percentual de aprovação do presidente em Pernambuco é alto, mas nunca chegou a 90%, salvo em alguns municípios do interior.