0

Palocci, abandonado, vai contar tudo que sabe

Coluna Fogo Cruzado – 22 de abril

Palocci resolveu abrir a boca porque ninguém do PT até agora saiu em seu favor

O ex-presidente Lula e seus companheiros de PT tiveram uma péssima notícia neste final de semana. O ex-ministro Antonio Palocci, ao prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro na última quinta-feira, colocou-se à disposição do magistrado para contar tudo o que sabe sobre os investigados pela operação Lava Jato, ainda que isto custe mais um ano de trabalho ao Ministério Público Federal e aos serventuários da Justiça. Palocci é o primeiro petista de alto coturno que se dispõe a contar o que sabe sobre a relação promíscua do governo Lula com as grandes empreiteiras do Brasil, especialmente a Odebrecht. Ele está preso desde 2016 e sem perspectiva de sair da cadeia, portanto não tem nada a perder se fizer delação premiada, salvo a amizade com os velhos companheiros de partido. Palocci tem cara de santo, mas é investigado pelo Ministério Público desde quando era prefeito do município de Ribeirão Preto (SP). Ele teria resolvido abrir a boca porque ninguém do PT até agora se manifestou em seu favor.

A burrice de Lula

Lula virou palestrante bem remunerado (só perdia para Bill Clinton, segundo ele próprio) quando deixou a Presidência da República em 2010. Cobrava cerca de 500 mil por palestra e fez várias na América Latina e na África contratado pela Odebrecht. Tinha dinheiro suficiente, portanto, para comprar um sítio em Atibaia (SP) e um apartamento na praia do Guarujá (SP). Mas, por burrice ou coisa que o valha, pediu esses dois bens a empreiteiras e talvez seja impedido de concorrer às eleições de 2018 por causa disto.

O perfil – O jornalista Plínio Fraga define o ex-presidente Tancredo Neves no livro que escreveu sobre ele como “conservador na economia e liberal na política”. Diz também que o político mineiro cultivava a democracia como “valor essencial” e não fazia concessões para apunhalá-la.

Imposto – O projeto de reforma trabalhista que a Câmara Federal deverá votar na próxima semana acaba com o famigerado “imposto sindical” que é a principal fonte de receita dos sindicatos e das centrais sindicais. Se passar, muitos sindicatos vão fechar suas portas.

O fim – Cláudio Lamachia, presidente da OAB Nacional, disse no Recife que a entidade apoia a operação Lava Jato, mas não concorda que os processos se “eternizem” na Justiça. Segundo ele, o princípio da razoabilidade prevê que os processos comecem e também tenham fim.

Título – O padre Reginaldo Manzotti, ao receber o título de “Cidadão de Pernambuco”, na última quinta-feira, fruto de um projeto de autoria da deputada Terezinha Nunes (PSDB), confessou que já se sentia pernambucano por ter morado 1 ano em Camocim de São Félix.

Teatro – A Câmara Municipal de Caruaru aprovou projeto de autoria do vereador Marcelo Gomes (PSB) propondo a municipalização do Teatro João Lyra Filho. Ele acha que, gerido pela prefeitura, o teatro, que tem o nome do avô da prefeita Raquel Lyra (PSDB), pode oferecer melhores serviços à população.

Massificação – O ex-presidente Lula continua dando entrevistas a emissoras de rádio do Nordeste para “esquentar” o nome para 2018. Já falou para emissoras de Pernambuco, Ceará, Piauí, Bahia e Sergipe. Antes, negava a pretensão de ser candidato. Agora, diz que, “se puder”, estará no páreo.

Candidatos – Além de Milton Coelho (Administração), mais um auxiliar do governador Paulo Câmara pretende disputar mandato de deputado nas próximas eleições: Fred Amâncio (Educação). Milton está de olho na Câmara Federal e Fred na Assembleia Legislativa.

Televisão – Presidente do PMB (Partido da Mulher Brasileira) em Pernambuco, a vereadora Juliana Paranhos (Abreu e Lima) ocupou sozinha as inserções a que o partido teve direito neste mês de abril no rádio e na televisão. O PMB nasceu com 22 deputados federais. Hoje tem apenas um.

Confronto – O vereador Marco Aurélio (PRTB) vai mesmo para o confronto com a CTTU pelo fato de esta empresa ter decidido multar no Recife por intermédio de câmaras de vídeo. Ele não é contra a multa. Mas acha que o cidadão que dirige seu veículo e passa ou estaciona em local proibido tem o direito de saber por que está sendo multado.

0

Nordeste perdeu 29.495 postos de trabalho no mês de março

Dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho na última quinta-feira (20) revelam que a região Nordeste perdeu 29.495 postos de trabalho no último mês de março.

No entanto, o desempenho da economia foi um pouco melhor do que em março de 2016, quando a região perdeu 46.269 postos de trabalho.

“Se não foi possível aumentar o número de postos de trabalho no último mês de março, os indicadores apontam pelo menos uma diminuição no ritmo de desemprego”, disse o ministro Ronaldo Nogueira (Trabalho).

Segundo ele, em março deste ano o Brasil perdeu 63 mil postos de trabalho, ante 118 mil de março de 2016.

Na região Nordeste, de acordo com os dados do Caged, o setor de serviços industriais de utilidade pública registrou variações positivas em quase todos os estados.

0

Compesa reativa poços tubulares na Chapada do Araripe

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, informou nesta sexta-feira (21) que a empresa está reativando dois poços tubulares de grande profundidade na chapada do Araripe para abastecer a zona rural de Ibupi e Bodocó.

Esses poços foram perfurados pela Petrobras na década de 80 quando seus engenheiros estavam à procura de gás na região.

Ambos estão localizados no município de Bodocó e têm mais de 900 metros de profundidade. Por isso, para que fossem reativados, foi necessário mobilizar guindaste e caminhão munck.

Quando estiverem funcionando, os poços levarão água para cerca de mil famílias dos distritos de Né Camilo, Vila Francinete e Zé do Ouro (Bodocó), além do distrito de Serrolândia, no município de Ipubi.

“A região do Araripe concentra um dos maiores polos gesseiros do país, fato que interfere diretamente na qualidade da água encontrada em poços rasos. Daí a necessidade de se operar poços profundos para podermos oferecer água dentro do padrão exigido para o consumo humano”, disse o gerente de Negócios da Compesa, João Virgílio Lima.

0

IBGE: prévia da inflação em abril atinge menor nível em 11 anos

Dados divulgados ontem (20) pelo IBGE revelam que o custo de vida continua a cair em nosso país.

Em abril, segundo o instituto, a prévia da inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em apenas 0,21%.

A taxa é a mais baixa para o mês, desde 2006, quando o indicador ficou em 0,17%, dentro da meta do Banco Central que estabeleceu uma meta de inflação de 4,5%, podendo variar 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para alegria do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, comandante da política econômica do governo Temer, a inflação nos últimos 12 meses ficou em 4,41%, a menor nos últimos 7 anos.

Já no acumulado do ano, a inflação ficou em 1,22%, ante 3,32% registrados no mesmo período do ano passado.

Entre os itens que mais influenciaram a subida de preços destacam-se gêneros alimentícios e bebidas, especialmente o tomate.

0

Amupe promoverá debate sobre consórcios públicos

A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) realizará na próxima terça-feira (25) o I Encontro Estadual de Consórcios Públicos Municipais.

O palestrante será Ana Maria Groff Jansen, presidente do colegiado de Consórcios de Santa Catarina.

O evento acontecerá na sede da Amupe (Avenida Recife, 6205- Jardim São Paulo) e tem como público alvo presidentes e secretários de consórcios municipais.

No encontro, será feita uma breve apresentação sobre a situação dos 11 consórcios de municípios pernambucanos e as perspectivas para 2018.

Ana Maria Janen dividirá sua palestra nos seguintes temas:

I – Regime jurídico dos consórcios públicos na gestão de pessoas, como prevenir ações judiciais, como definir direitos e deveres, formas de contratação.

II – Quais as responsabilidades jurídicas e legais dos dirigentes e gestores de consórcios? Quem são os dirigentes e gestores dos consórcios?

III- Como planejar e organizar os consórcios de acordo com as responsabilidades instituídas para gestores e dirigentes?

O presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), expediu ofício-circular pedindo a presença de todos os prefeitos associados.

0

Tadeu Alencar volta a fazer críticas à reforma trabalhista

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB-PE) voltou a fazer críticas nesta final de semana ao projeto de reforma trabalhista enviado pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional.

Na última quarta-feira (19), a Câmara aprovou a “urgência” do projeto, que deverá ser levado ao plenário na próxima semana pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Na próxima segunda-feira (24), o PSB reunirá sua direção nacional, em Brasília, para tomar uma posição sobre este projeto e também sobre a reforma previdenciária.

Na última quinta-feira (20), Tadeu Alencar intermediou um encontro do governador Paulo Câmara com representantes da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público.

Esta entidade, que congrega aproximadamente 40 mil magistrados e membros do Ministério Público do Brasil inteiro, vem se reunindo com deputados federais, senadores e representantes do Poder Executivo para tratar das duas reformas.

“No momento em que o Brasil enfrenta um debate sobre essas reformas, esta Frente está, acertadamente, procurando interlocução com todos os poderes. E manifestaram o interesse de ter uma agenda com o governador Paulo Câmara pelo papel estratégico que ele desempenha no Estado e em âmbito nacional”, declarou Tadeu Alencar.

Segundo ele, a conversa com o governador mostrou pontos de convergência como a necessidade de um debate amplo sobre propostas de mudanças contidas nas reformas trabalhista e da previdência.

“É este o diálogo franco, honesto e responsável de que a sociedade brasileira necessita”, disse o representante do PSB.

Participaram da reunião o presidente da Associação do Ministério Público de Pernambuco e coordenador da Frente, Roberto Brayner Sampaio, a promotora Bianca Stella Azevedo Barros, o presidente da Associação dos Magistrados de Pernambuco, Emanuel Bonfim, a juíza Eunice Maria Batista Prado, o presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 6ª Região, José Adelmy da Silva Acioli,  a juíza Luciana Paula Conforti, as procuradoras Janine Rego de Miranda e Carol Ribemboim (Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho) e o juiz federal Frederico José Pinto de Azevedo.

0

OAB-PE critica o ministro Mendonça Filho por homologar criação de curso de técnico jurídico

O presidente da OAB-PE, Ronnie Duarte, divulgou nota oficial nesta sexta-feira (21) criticando o ministro da Educação, Mendonça Filho, pela decisão de homologar a criação do curso de técnico em serviços jurídicos.

Veja a íntegra da nota:

A OAB-PE recebe com extrema preocupação a notícia da homologação, pelo Senhor ministro de estado da Educação, de manifestação do Conselho Nacional de Educação, no sentido da criação dos cursos de tecnólogo e de técnico em serviços jurídicos. 

O retrocesso é brutal, e, por isso, alarmante. A figura híbrida do tecnólogo ou técnico em serviços jurídicos significa, em última razão, a antítese do modelo consagrado no Estatuto da Advocacia e da OAB (Lei Federal n° 8.906/94), afrontando-o, na medida em que usurpa várias funções privativas da advocacia, vilipendiando, inclusive, o desempenho do estágio profissional disciplinado no mesmo Estatuto e seu Regulamento Geral. 

Há de se lembrar, ainda, dos vários milhares de bachareis em Direito que não conseguem aprovação no Exame de Ordem e ficam à margem do mercado de trabalho, em razão da baixa formação oferecida por faculdades pouco compromissadas com a qualidade do ensino jurídico que oferecem. 

O Conselho Federal da OAB já se manifestou sobre o assunto no mesmo sentido, conclamando o Ministério da Educação a não chancelar essa investida, que traduz, em última análise, um atentado à educação jurídica nacional. A advocacia saberá resistir, dentro da legalidade e do debate democrático, a essa lamentável iniciativa. 

0

Lula não vai a Ouro Preto para receber a Medalha da Inconfidência

O ex-presidente Lula não esteve em Ouro Preto (MG) nesta sexta-feira (21) para receber das mãos do governador Fernando Pimentel (PT) a Medalha da Inconfidência, mais alta comenda do governo de Minas Gerais.

Das 170 personalidades selecionadas para rececer a comenda, 134 compareceram, entre elas a cantora Fernanda Takai (Pato Fu), o técnico do Cruzeiro Mano Menezes e os governador Renan Filho (AL),
Flávio Dino (MA), Tião Viana (AC) e Rui Costa (BA).

Não compareceram os governadores Camilo Santana (CE) e Ricardo Coutinho (PB) e os atores Marieta Severo, Wagner Moura, Camila Pitanga e Gregório Duvivier.

Também foi condecorado, “in memoriam”, o ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, que foi representado pelo embaixador no Brasil Ntshikiwane Mashimbye.

Mandela morreu em 2013 com 95 anos de idade e se tornou o símbolo mundial da luta contra o racismo.

A medalha da Inconfidência foi instituída em 1952 pelo então governador Juscelino Kubitschek. Ele é entregue no dia 21 de abril, em Ouro Preto, berço da inconfidência mineira, para assinalar a data de morte de Tiradentes.

0

Delação premiada de Palocci comprometeria de vez o ex-presidente Lula

Ao se colocar à disposição juiz Sérgio Moro, na última quinta-feira (20), para contar o que sabe sobre os investigados pela “Lava Jato”, revelando dados, números e endereços, o ex-ministro Antonio Palocci deu a entender que está disposto a fazer delação premiada e que ela não pouparia sequer o ex-presidente Lula de quem foi ministro da Fazenda.

Palocci está preso desde setembro do ano passado, em Curitiba, e pela primeira vez fez uma ameaça concreta a seus companheiros de PT.

“Acredito que posso dar um caminho, que talvez vá dar um ano de trabalho, mas é um trabalho que faz bem ao Brasil”, diz o ex-ministro ao juiz Moro, para logo em seguida acrescentar:

“Fico à sua disposição hoje e em outros momentos, porque todos os nomes e situações que eu optei por não falar aqui, por sensibilidade da informação, estão à sua disposição o dia que o senhor quiser. Se o senhor estiver com a agenda muito ocupada, a pessoa que o senhor determinar, eu, imediatamente apresento todos esses fatos com nomes, endereços, operações realizadas e coisas que vão ser certamente do interesse da Lava Jato”.

0

Lula tem 30% de votos consolidados e 51% de rejeição

Apesar das cinco ações penais a que responde por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio, o ex-presidente Lula continua liderando as intenções de voto para a corrida eleitoral do próximo ano.

Segundo pesquisa do Ibope divulgada na última quinta-feira, o petista tem 30% de votos consolidados (o eleitor diz que vota nele e ponto final) e 51% de rejeição (o eleitor diz que não vota nele de jeito nenhum).

No entanto, de acordo ainda com o Ibope, que fez a pesquisa no início deste mês, a rejeição ao ex-presidente caiu 14 pontos percentuais do impeachment de Dilma para cá. Era 65% em abril do ano passado e está agora em 51%.

Já a pesquisa do Vox Populi divulgada na última nesta terça-feira (18) aponta o ex-presidente liderando todos os cenários para as eleições de 2018.

Ele tem entre 44% a 45% dos votos válidos, ante 32% a 35% da soma dos seus adversários em três cenários.

No primeiro, Lula tem 45%, Aécio Neves (PSDB) 9%, Jair Bolsonaro (PSC) 11%, Marina Silva (REDE) 10% e Ciro Gomes (PDT) 4%.

No segundo, com o PSDB tendo como candidato o governador Geraldo Alckmin (SP), Lula tem 45%, o tucano 6%, Bolsonaro 12%, Marina 11% e Ciro 4%.

No terceiro, trocando-se Alckmin pelo prefeito de São Paulo, João Dória, Lula mantém os mesmos 45%, o tucano 5%, Marina e Bolsonaro 11% e Ciro Gomes 5%.

Nas simulações de segundo turno, Lula também vence todos os candidatos. O Vox Populi entrevistou 2000 pessoas em 118 municípios brasileiros entre os dias 6 e 10 de abril.